Repórter News - www.reporternews.com.br
Opinião
Sexta - 17 de Setembro de 2021 às 05:38
Por: Atila Pedroso de Jesus

    Imprimir


Eleições gerais de 1982, disputava o Governo de Mato Grosso-PE. Pombo pelo PMDB e Júlio Campos pelo PDS, juntamente com a eleição de SENADOR que elegeu Roberto Campos.

Para essa reflexão pesquisei o histórico do Senador Roberto Campos, eleito em 1982 que atua nos governos de Getúlio Vargas, onde criou o BNDES, governo Juscelino Kubitscheck participando ativamente do Plano de Metas, posteriormente foi embaixador do Brasil em Washington no governo João Goulart e em Londres no governo Ernesto Geisel. Ministro do Planejamento do governo Castelo Branco, fundando o Ministério da Fazenda, criou também o BNH (Banco Nacional da Habitação), participou da criação do Banco Central.

Nascido em Cuiabá, foi para Belo Horizonte aos cinco anos órfão de pai, mas estudou 10 anos num seminário católico, deixando-o por rebeldia intelectual. Mudou-se para São Paulo (Batatais) onde lecionou. Em seguida foi para o Rio de Janeiro, legalmente analfabeto e sendo aprovado no concurso do Itamaraty.

Contado se forma sintética é essa a grande história antes de virar Senador, é nessa ótica que sigo a reflexão.

Em 1982 eu tinha apenas 9 anos, a casa da minha avó na Praça Bispo Dom José era o comitê político do PDS de “Julinho”, que recebia a visita do candidato a senador, então Roberto Campos. Sentados a uma mesa vários candidatos dentre os já mencionados, todavia, lembro como se fosse hoje, que havia um acerto para eleger o Senador e em seguida é apresentada uma mala com muito dinheiro para “AJUDAR” na campanha.

Este senador nascido em Cuiabá, tendo morado apenas até os 5 anos em Cuiabá e quiçá em outra cidade de Mato Grosso, foi eleito Senador da República pelo estado de Mato Grosso, de fato.

Dizem que posteriormente questionado por um jornalista sobre lutar e trabalhar pelo nosso estado, em que foi eleito respondeu “comprei minha eleição então não tenho obrigação nenhuma”, penso que esta seja uma verdade, posteriormente foi eleito deputado Federal pelo Rio de Janeiro por duas oportunidades (1991-1999).

Essa história pelos fatos apresentados de ser história com “H”.

Será que vai acontecer novamente, como o que se apresenta.

* Atila Pedroso de Jesus - Cuiabano Nato – criado na Praça Bispo Dom José



Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.reporternews.com.br/artigo/4051/visualizar/