Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Saúde
Sábado - 24 de Outubro de 2009 às 08:01

    Imprimir


A recente descoberta de ferramentas pré-históricas e restos de hominídeos no norte do Malaui fornece uma nova prova de que a região pode ser o berço da humanidade, disse o professor Friedemann Schrenk da Universidade Goethe de Frankfurt.

Ele disse que dois estudantes que trabalhavam numa escavação a 10 quilômetros de Karonga encontraram no mês passado ferramentas pré-históricas e o dente de um hominídeo.

"Essa descoberta recente de ferramentas pré-históricas e restos de hominídeos fornecem uma prova adicional à teoria de que essa região da África pode ser considerada o berço da humanidade", disse Schrenk.

Hominídeo é o membro de uma família de primatas que inclui humanos e seus ancestrais pré-históricos.

O local também contém indícios de espécimes de dinossauros que viveram entre 100 milhões e 140 milhões de anos atrás, e hominídeos que supostamente viveram entre um milhão e 6 milhões de anos atrás.

O professor alemão lidera uma equipe de pesquisadores da Europa e da África que tenta estabelecer um centro africano para estudos interdisciplinares de mamíferos e da evolução de hominídeos no sul da nação africana.

Karonga fica 615 quilômetros ao norte da capital do Malaui, Lilongwe, e está perto da fronteira com a Tanzânia.





Fonte: Reuters

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.reporternews.com.br/noticia/152419/visualizar/