Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Esportes
Segunda - 17 de Setembro de 2007 às 22:00

    Imprimir


RIO - O empate por 1 a 1 no clássico contra o Vasco, no domingo, rendeu mais do que um ponto na tabela do Campeonato Brasileiro para o Flamengo. A maré de contusões que assola o clube fez mais vítimas, complicando o trabalho do técnico Joel Santana para armar a equipe para o jogo de domingo, contra o Juventude, em Caxias do Sul.

O caso mais preocupante é do meia-atacante Renato Augusto, que sentiu uma contusão muscular na coxa direita durante o clássico e não joga - ele, inclusive, deve ficar duas semanas parada. Já o atacante Paulo Sérgio, que entrou no lugar do próprio Renato Augusto contra o Vasco, sofreu fratura na clavícula depois de forte queda e ficará fora de ação por cerca de seis semanas.

Se não bastassem as contusões, o atacante Obina será julgado nesta terça-feira pelo Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela agressão ao zagueiro Índio, do Internacional, no jogo do dia 8 de setembro, em Porto Alegre. O jogador do Flamengo pode pegar de 120 a 540 dias de suspensão.

Como o atacante argentino Maxi Biancucchi também está contundido (lesão muscular), Joel Santana está com poucas opções para armar o ataque do Flamengo. A boa notícia é o retorno de Souza, que não enfrentou o Vasco por estar suspenso, além da semana livre para treinamentos e recuperação dos contundidos.

A esperança do treinador é que Biancucchi, que já faz treinos físicos, e o meio-campo Íbson estejam liberados para o confronto contra o Juventude. Para isso, conta com a semana livre de jogos.

Depois do empate com o Vasco, o Flamengo está em 13º lugar no Brasileirão, com 33 pontos em 25 jogos.





Fonte: Estadão

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.reporternews.com.br/noticia/206791/visualizar/