Repórter News - www.reporternews.com.br
Cultura
Sexta - 01 de Dezembro de 2006 às 10:37

    Imprimir




Uma rodovia da cidade de Parnamirim, Rio Grande do Norte, está sendo invadida por galhos do maior cajueiro do mundo por falta de poda, que está suspensa desde 2000 por orientação de especialistas. A suspensão foi para que ele não morra.

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, veículos que passam pela RN-063 arrancam galhos e folhas da planta de 8.800 metros quadrados - maior do que um campo de futebol.

Órgãos estaduais e a associação que administra o cajueiro procuram soluções para a invasão da árvore nas pistas, mas disseram não saber como resolver o problema.

Segundo o administrador do cajueiro e presidente da Associação dos Empresários do Litoral do Parnamirim (Aelp), Mauro Nogueira, a árvore não pode ser podada. "O cajueiro possui uma anomalia genética, que causou o crescimento exagerado. Se for podado, entra em estado de dormência e pode até morrer." O cajueiro de Pirangi tem 117 anos e cresce cerca de três metros por ano.

O diretor do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Jader Torres, disse que a árvore pode vir a causar acidentes na RN-063.

A Prefeitura de Parnamirim e órgãos ambientais estudam a viabilidade da construção de uma nova estrada.

O cajueiro é uma das principais atrações turísticas do Rio Grande do Norte. Em 2005, 195 mil pessoas visitaram a árvore.





Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.reporternews.com.br/noticia/257080/visualizar/