Repórter News - www.reporternews.com.br
Cidades/Geral
Terça - 24 de Outubro de 2006 às 14:39
Por: Amanda Freitas

    Imprimir


Em Cuiabá, um total de 1.067 certidões foram emitidas durante o Dia Nacional pelo Registro Civil de Nascimento, mobilização realizada no último sábado (21.10) pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social (Setecs). Esse total inclui primeiros registros de nascimento, registros tardios de adultos e crianças com mais de 12 anos e 2ª via do documento.

O movimento nos cartórios e na Central de Atendimentos, instalada na sede da antiga Prosol em Cuiabá foi intenso durante todo o dia.

“Passamos o dia encaminhando pessoas, prestando informações a respeito do assunto e emitindo o documento. Mais uma vez, a campanha nos mostrou que vem dando resultado. A mobilização despertou a consciência da população para a necessidade do registro de nascimento e nos leva a proximidade da erradicação do problema no Estado”, avaliou o superintendente de Promoção à Cidadania da Setecs, Carlos Roberto.

A campanha também chamou atenção para mais de cem certidões, solicitadas em campanhas passadas e que estavam paradas no setor de cidadania da Setecs. Dezesseis delas foram entregues no sábado. “Por algum erro nos endereços, essas certidões não foram entregues pelo correio e voltaram para a secretaria. Pedimos àquelas pessoas que emitiram o documento através de campanhas anteriores que nos procure na Setecs”, frisou a assessora especial da Setecs, Lilita Rodrigues.

CAMPANHA - A Campanha do Dia Nacional pelo Registro de Nascimento acontece desde 2003. Dados do IBGE de 2001, apontavam que em Mato Grosso 41,1% da população não tinham registro civil de nascimento, enquanto que, na época, a média nacional era de 31%. Mas com a campanha em desenvolvimento esses dados já estão mudando. Atualmente, o índice de pessoas sem a certidão de nascimento no Estado é de 19%, contra os 41% apontados pelo IBGE em 2001.

Dos 141 municípios de Mato Grosso, 47% estão com o sub-registro praticamente erradicado. No total, mais de 12.550 certidões de nascimento já foram emitidas nestas mobilizações realizadas pelo Governo. “Nosso principal objetivo é chegar perto dos 5%, que é o índice tolerado pelos organismos internacionais”, frisou Carlos Roberto.




Fonte: Da Assessoria

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.reporternews.com.br/noticia/266138/visualizar/