Repórter News - www.reporternews.com.br
Nacional
Sábado - 16 de Setembro de 2006 às 15:59

    Imprimir


Um menino de 12 anos era mantido acorrentado na casa dos pais em uma fazenda de Nuporanga, região de Ribeirão Preto, no interior do Estado de São Paulo. O garoto foi libertado na manhã deste sábado por conselheiros tutelares, acompanhados por policiais militares.

Segundo afirmou o próprio garoto, esta foi a segunda vez que a mãe e o padrasto o amarraram dentro de casa para saírem para trabalhar. O garoto disse ainda que a atitude era porque ele "aprontava muito" na saída dos pais.

O padrasto, João Francisco da Silva, admitiu ter amarrado o garoto, mas afirmou ser a primeira vez. Segundo ele, a medida era para evitar que o garoto "aprontasse" durante a ausência dos pais, o que incluía alguns furtos na vizinhança - que já reclamava.

Quando os conselheiros chegaram à fazenda, o menino estava amarrado com correntes a dois botijões de gás.

A mãe foi levada para a delegacia para prestar depoimento. Ela deve ser indiciada por cárcere privado. O garoto, por enquanto, vai ficar sob a responsabilidade do Conselho Tutelar de Nuporanga.





Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.reporternews.com.br/noticia/275489/visualizar/