Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Cidades/Geral
Quinta - 16 de Dezembro de 2004 às 14:50
Por: Janaína Lage

    Imprimir


A POF (Pesquisa de Orçamentos Familiares) de 2002-2003 revela aspectos inusitados do consumo de cada região. O mito de que o sulista come mais carne do que o restante do país, por exemplo, caiu por terra.

Embora a região ainda lidere o percentual de aquisição de carnes em geral com uma média de 35 quilos por domicílio por ano, a observação quanto ao tipo de carne consumida mostra que o destaque é a região Norte. O consumo de carne bovina de primeira fica em 8,5 quilos por pessoa e o de segunda, em 10,4 quilos. Já os resultados da região Sul ficam em 6,2 quilos e 9,9 quilos, respectivamente.

O aspecto mais relevante da alimentação do nortista, no entanto, se refere ao consumo de peixes. O consumo per capita por ano chega a 25 quilos. A média do país é de apenas 5 quilos.

Outra característica típica da região é a aquisição de cocos, castanhas e nozes, que chega a quase 17 quilos. Nas demais regiões, o consumo não ultrapassa 0,6 quilos por ano.

A explicação para a diferença está no hábito de consumir açaí, em que são misturadas as castanhas e nozes. Embora tenha se tornado um produto presente em todo o país, o açaí continua mais popular na região Norte.

A região lidera também o consumo de farinhas e massas em razão da grande quantidade de farinha de mandioca consumida pelo nortista. Em compensação, tem também a menor aquisição de hortaliças e frutas, com apenas 20 quilos por ano. A média nacional é de 29 quilos.

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) ressalta, no entanto, que a pesquisa se limita a investigar os hábitos alimentares nos domicílios. Como a prática de comer fora de casa é mais comum na região Sul, a diferença pode ser menos significativa.




Fonte: Folha Online

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.reporternews.com.br/noticia/364175/visualizar/