Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Economia
Quinta - 16 de Setembro de 2004 às 10:59
Por: JOANA DANTAS

    Imprimir


R$ 439 mil foram alocados para divulgar as potencialidades naturais.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento do Turismo (Sedtur), assinou convênio com a Fundação Pantanal Convention and Visitores Bureau nesta quarta-feira (15.09), no salão nobre do Palácio Paiaguás, destinando R$ 439 mil à campanha de divulgação das belezas naturais no mercado nacional.

Mato Grosso também está investindo também na melhoria da infra-estrutura do turismo, como a pavimentação da estrada que liga os municípios de Barão de Melgaço a Mimoso, asfaltando a Transpantaneira - Portal do Pantanal - e o acesso ao mirante em Chapada dos Guimarães.

"O objetivo é conquistar mais espaço no ranking brasileiro do turismo. Hoje ocupamos a 22ª posição no turismo receptivo, que movimenta no Estado cerca de R$ 152 milhões, e a 19ª no emissivo, este leva daqui para outros lugares em torno de R$ 88 milhões", afirma a secretária de Desenvolvimento do Turismo, Yeda Marli.

A expectativa do presidente da CVC Viagens (a maior operadora do país), Guilherme Paulus, é que, com esse trabalho, dentro de cinco meses Mato Grosso já esteja recebendo mais de seis mil turistas por mês.

Segundo Yeda Marli, o Estado está cumprindo o seu dever quando melhora a infra-estrutura turística e promove a capacitação de mão-de-obra, confiando à iniciativa privada a divulgação o estímulo à vinda de turistas. Esse trabalho, se bem articulada, é que estimula a geração de emprego e renda à população.

A campanha iniciará por São Paulo, em outubro, com uma grande festa. A cidade de São Paulo é responsável por 20% dos turistas brasileiros que visitam Mato Grosso. A propaganda na mídia impressa se estenderá ainda pelo Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Essa iniciativa é inédita no Estado. Segundo o diretor-executivo da Fundação Pantanal, José Guilherme Barbosa Ribeiro, trata-se de um marco histórico para a atividade. "Demonstra a confiança do Governo na capacidade de gestão das trades, gerir com muita eficiência todo o recurso empenhado. Está nas nossas mãos a consolidação do turismo em nosso Estado", afirmou.

O presidente do Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares (SHRBS), Luís Carlos Nigro, estima que com o marketing do Estado o fluxo de turistas aumente pelo menos 10%. "Essa é uma expectativa pessimista, acreditamos que poderá crescer muito mais, porque a partir desse convênio Mato Grosso vai mudar de conceito no cenário nacional", aposta Nigro.

Cuiabá, Várzea Grande e Chapada dos Guimarães têm juntas uma capacidade hoteleira de cerca de 5 mil leitos. Atualmente, a taxa média de ocupação é de 50%. Para Nigro, o investimento no turismo beneficia toda a economia estadual. "Fomenta os setores de transporte, de guia, do comércio, é o único que atinge toda uma cadeia produtiva", salientou.

Além da campanha de divulgação, haverá também a ampliação do número de vôos charters (fretados) e as empresas envolvidas na campanha se comprometeram a reduzir o valor dos pacotes turísticos, tornando-os mais atraentes.

OBRAS - A secretária Yeda destaca ainda o investimento na ordem de R$ 1,2 milhão, oriundos de recursos parlamentares com contrapartida do Governo do Estado, para impressão de revistas, folders, calendários temáticos e cartazes em português e mais cinco idiomas, além da promoção e comercialização do produto em eventos e feiras comerciais de turismo nacionais e internacionais.

"São quinze ações sendo executadas simultaneamente pela Sedtur, além de dois macro-programas em parceria com o governo federal", informou.

O trio Henrique, Claudinho e Pescuma alegraram a solenidade que reuniu os secretários Joaquim Sucena (Casa Civil), Geraldo de Vitto (Administração), Yenês Magalhães (Planejamento), Ilson Sanches (da Indústria de Cuiabá), Waldir Teis (Fazenda).




Fonte: Secom-MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.reporternews.com.br/noticia/374489/visualizar/