Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Saúde
Terça - 06 de Abril de 2004 às 19:05

    Imprimir


Nesta quarta–feira (07.04), é comemorado o Dia Mundial da Saúde e o Estado de Mato Grosso tem muito a festejar. Em 2003, várias ações foram desencadeadas pelo Governo do Estado para levar benefícios e qualidade de vida para a população. Ações preventivas, de promoção à saúde pública são algumas medidas adotadas pelo Governo.

Em todo o Estado, a Secretaria de Estado de Saúde (Ses/MT) entregou 94 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) entre infantis, neonatais e adultas. Equipamentos de última geração foram adquiridos para equipar todos os leitos.

De acordo com o secretário-adjunto de Saúde, Juliano Canavarros, aproximadamente 107 tipos de medicamentes de alto custo estão disponibilizado gratuitamente para todos os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Toda a política de medicamentos do Estado foi toda reestruturada, apenas com o intuito de promover qualidade de vida a população.

“A inauguração, em setembro de 2003, do Ambulatório Estadual de Referência Secundaria de Ginecologia Oncologia e Mastologia, possui capacidade para realizar cerca de 1.200 exames ginecológicos e aproximadamente 500 mamografias por mês, alem de detecção precoce e o tratamento do câncer de útero e mama. É a implementação da Saúde da Mulher em todo Estado”, explicou Juliano Canavarros.

A campanha “Natal sem fila”, iniciada em dezembro de 2003, por meio de parceria com a Prefeitura Municipal de Cuiabá, realizou 1350 cirurgias de média e alta complexidade, dando mais qualidade de vida à população. As pessoas operadas estavam na fila há mais de dois anos. Essas cirurgias realizadas são as chamadas eletivas, que podem esperar por um período de tempo. “Não que estas cirurgias não sejam urgentes. Tudo é urgente quando se lida com vidas humanas. Neste caso, optamos por realizar esta campanha justamente para desafogar a fila de espera,“ destacou o secretário-adjunto. Entre elas, estão as cirurgias de hérnias, ortopédicas, neurológicas.

Segundo o superintendente de Atenção Integral a Saúde (SAI), Antonio Augusto de Carvalho, as campanhas de vacinação, como as do idoso, realizadas todo mês de abril, superaram a meta da cobertura vacinal, que era de 92.10%, atingindo 107% de cobertura de população idosa. As ações de prevenção como a tuberculose, hanseníase DST/AIDS e Tabagismos atingiram em massa a população urbana, rural e indígena, o que diminuiu os índices de mortalidades infantis e o risco de maternidade de alto risco.

Para o secretário Canavarros, o Dia Mundial da Saúde pode ser comemorado primeiramente com a iniciativa e a vontade que o Governo tem de ampliar as ofertas de serviços de Saúde Pública para a população.




Fonte: Assessoria/Saúde - MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.reporternews.com.br/noticia/386750/visualizar/