Repórter News - www.reporternews.com.br
Cultura
Segunda - 17 de Julho de 2017 às 10:26
Por: Malu Souza/Especial para o Repórter News

    Imprimir


Mato Grosso dançando o Brasil”, este é o espetáculo que o grupo Flor Ribeirinha levará para a Turquia. O grupo foi convidado para participar do Festival Internacional de Arte e Cultura em Istambul, considerado um dos maiores eventos de folclore do mundo, com a participação de 97 grupos representantes de vários países. O festival será realizado no período de 26 de julho e 08 de agosto. A extensa programação conta uma série de atividades relacionadas a cada país, como o desfile das delegações, apresentações cronometradas e solenidades e entrega de homenagens.

A fundadora e presidente do Flor Ribeirinha, Domingas Leonor, considerada a embaixatriz da cultura popular mato-grossense, entregará presentes oficiais para autoridades turcas, como o presidente da Turquia, Recep Erdogan e o prefeito de Istambul, Kadir Topbas. Os presentes são símbolos da cultura do estado. “Para mim, isto representa um verdadeiro intercâmbio cultural entre as várias nações. Sinto orgulho de Mato Grosso fazer parte desse contexto”, argumentou.

Domingas frisou ainda que a ida à Turquia está sendo possível devido a atuação no Festival de Cheonan World Dance, na Coreia do Sul, no ano passando, onde companhias de danças folclóricas de mais de 20 países competiram. O grupo Flor Ribeirinha conquistou o vice-campeonato mundial, e como resultado da premiação, o grupo foi selecionado para o Festival Internacional na Turquia. “Agradeço a Deus por nos ter dado esse privilégio de conquistar essa premiação ao divulgar a nossa cultura em outros países. Agradecemos todo o apoio recebido”, disse ela emocionada.

O diretor artístico e coreógrafo do Flor Ribeirinha, Avinner Augusto, destacou que o grupo levará o espetáculo “Mato Grosso dançando o Brasil”, com a mostra de vários ritmos, sendo o carro-chefe das apresentações, o tradicional Siriri. Segundo ele, para fazer bonito no maior festival, o grupo está empenhado nos detalhes e preparativos para as apresentações que prometem ser memoráveis. Aviner ressaltou que é de suma importância o apoio do Governo do Estado na difusão da cultura de Mato Grosso. Ele agradeceu também o apoio da Universidade Federal de Mato Grosso, para que pudesse mostrar o lado tão importante da cultura local. “Essa conquista vem brindar toda a dedicação do grupo para a nossa cultura. Sem dúvida, é a maior experiência artística e profissional que podemos viver. Estamos na expectativa para mostrar mais uma vez a cultura de Mato Grosso e do nosso país”, disse ele.

O diretor Executivo da Associação Cultural Flor Ribeirinha, Jeferson Guimarães Rosa, lembrou que durante a trajetória de 24 anos de existência, o grupo já participou de todos os festivais de Siriri em Mato Grosso, além de apresentar em eventos nacionais em Santa Catarina; Minas Gerais, Ceará, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro e outros estados. Reconhecido pela sua autenticidade e importância para o cenário artístico-cultural, o Flor Ribeirinha fez ainda apresentações no Peru, no Paraguay e participou de festivais internacionais na França, na Itália. “No ano passado, o grupo marcou a sua passagem pela Ásia com grandes espetáculos na Coreia do Sul. Foi uma oportunidade única para apresentar Mato Grosso e sua cultura a esta parte do mundo”, concluiu.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.reporternews.com.br/noticia/425408/visualizar/