Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Cidades/Geral
Quinta - 24 de Outubro de 2013 às 20:01

    Imprimir


Ilustração

Pesquisa divulgada nesta quinta-feira (24) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revela que Mato Grosso é o terceiro estado do país na quantidade de domicílios que têm carro ou moto, com 67,9%. No topo da lista, aparece o estado de Santa Catarina, com 74,3%. Conforme o levantamento, 54% dos domicílios brasileiros têm carro ou moto para deslocamento dos moradores.

Os números constam do estudo "Indicadores de Mobilidade Urbana da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) 2012". De acordo com os dados, 44,4% dos domicílios em Mato Grosso têm carro e 38,6% têm moto. Entre 2008 e 2012, o aumento nos índices no estado de automóveis foi de 9,6% e, o de motocicletas, foi de 8,9%. No total, o percentual de residências que têm transporte privado cresceu 13% entre 2008 e 2012.

A pesquisa afirma que, por conta do aumento acelerado da taxa de motorização da população, o padrão de mobilidade urbana no país tem se alterando, e que o número maior de veículos privados nas ruas significa mais acidentes de trânsito, mais poluição veicular e perda de muito tempo em função dos congestionamentos nos centros urbanos.

Os pesquisadores dizem que a tendência é que o percentual de motos nos lares brasileiros, atualmente em cerca de 20%, aumente rapidamente, principalmente entre os mais pobres, por conta do preço mais em conta do que de um carro. Eles alertam, no entanto, para o crescimento das vítimas de acidentes de trânsito – mais de 12 mil mortes de usuários de motos ocorrem por ano, de acordo com dados do governo federal, e são o principal motivo de óbitos por acidentes terrestres.





Fonte: Do G1 MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.reporternews.com.br/noticia/6158/visualizar/