Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Cidades/Geral
Quinta - 16 de Setembro de 2010 às 11:51

    Imprimir


Prefeito Neurilan Fraga e a Secretária Municipal de Saúde, Norma Barradas durante reunião que definiu criação da equipe.
Prefeito Neurilan Fraga e a Secretária Municipal de Saúde, Norma Barradas durante reunião que definiu criação da equipe.

O Prefeito Municipal de Nortelândia, Neurilan Fraga determinou a Secretária Municipal de Saúde, Norma Firmiano Rodrigues Barradas a criação de uma equipe para atendimento de primeiros socorros, ou seja, urgência e emergência, para casos de acidentes automobilísticos, afogamento, alcoolismo, asfixia, eletrocução, fraturas e lesões, hemorragias, intoxicações, mordidas de animais, parto súbito, queimaduras, transporte de vitima, parada cardíaca, respiratória, estado de choque, entre outros. Ele determinou ainda a aquisição de uma ambulância padrão SAMU que deverá chegar nos próximos 30 dias e equipamentos necessários para estes tipos de atendimentos e manterá a equipe formada por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e motorista em alerta 24 horas por dia.

Para o prefeito,  a grande maioria dos acidentes poderia ser evitada, porém, quando eles acontecem, alguns conhecimentos simples e o primeiro atendimento correto podem diminuir o sofrimento, evitar complicações futuras e até mesmo salvar vidas” pontuou.

O Chefe do Poder Executivo Municipal lamentou que as gestões passadas não se preocupassem com esses e outros detalhes da administração pública, deixando a estrutura em condições precárias, deterioradas e em péssimas condições para atender a comunidade. “Eu tenho apenas 17 meses de governo, neste tempo avançamos muito e estamos buscando corrigir erros vindos de anos anteriores, dada a visão caolha que os ex-gestores tinham da coisa pública” lembrou. Ele disse que o grande problema enfrentado é a falta de recursos para colocar em prática todos os planos de governo, otimizando o serviço público e melhorando a infraestrutura herdada em Janeiro do ano passado. “Recebemos, por exemplo, uma saúde sucateada, veículos velhos demais, prédios públicos incapazes de suprir a necessidade, doentes sendo transportados amontoados em ambulâncias velhas, falta de profissionais e remédios, enfim um quadro caótico, e em apenas 17 meses já adquirimos um van para o transporte dos doentes, triplicamos a quantidades de remédios disponíveis, incrementamos o atendimento odontológico, contratamos mais profissionais, enfim, muito está sendo feito na saúde de nosso município” concluiu. 

A Secretária Municipal de Saúde, Enfermeira Norma Barradas, salientou que a população precisa saber que o fundamental é saber que, em situações de emergência, deve se manter a calma e ter em mente que a prestação de primeiros socorros não exclui a importância de um médico. “Os momentos após um acidente, principalmente as duas primeiras horas são os mais importantes para se garantir a recuperação ou a sobrevivência das pessoas feridas” informou ela. Barradas disse ainda que todos os seres humanos são possuidores de um forte espírito de solidariedade e é este sentimento que nos impulsiona para tentar ajudar as pessoas em dificuldades. Nestes trágicos momentos, após os acidentes, muitas vezes entre a vida e a morte, as vítimas são totalmente dependentes do auxílio de terceiros. “Acontece que somente o espírito de solidariedade não basta. Para que possamos prestar um socorro de emergência correto e eficiente, precisamos dominar as técnicas de primeiros socorros e ter os equipamentos necessários para este primeiro atendimento” destacou a secretária.

A titular da Saúde informou que atendendo determinação do Chefe do Executivo, os profissionais serão capacitados para este fim e buscará disponibilizar o serviço o mais rápido possível para a população.

Primeiros Socorros, como o próprio nome sugere, são os procedimentos de emergência que devem ser aplicados a uma pessoa em perigo de vida, visando manter os sinais vitais e evitando o agravamento, até que ela receba assistência definitiva e deve ser prestado sempre que a vítima não esteja em condições de cuidar de si própria. As primeiras atitudes geralmente nos acidentes são formados de vários fatores e é comum quem os presencia, ou quem chega ao acidente logo que este aconteceu, deparar com cenas de sofrimento, nervosismo, pânico, pessoas inconscientes e outras situações que exigem providências imediatas.

“Quando não estivermos sozinhos, devemos pedir e aceitar a colaboração de outras pessoas, sempre se deixando liderar pela pessoa que apresentar maior conhecimento e experiência. Apesar da gravidade da situação devemos agir com calma, evitando o pânico” orientou Norma. Ele esclareceu ainda que em alguns casos é preciso improvisar, e que lamenta que este tenha sido a principal ferramenta utilizada ao longo dos anos em Nortelândia, mas que com a determinação do prefeito em solucionar os problemas existentes na máquina pública e empenho de toda equipe será possível avançar em um setor considerado tão importante.

Diversas gestões anteriores não tiveram estas e outras preocupações com o intuito de modernizar a administração pública, e com isso, muitos setores estão completamente comprometidos, necessitando de altos investimentos financeiros, isso sem contar que em menos de dois anos de gestão é praticamente impossível corrigir falhas de anos de administrações descomprometidas com um serviço público de qualidade.





Fonte: ASCOM

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/115302/visualizar/