Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Politica MT
Quinta - 25 de Março de 2010 às 04:03
Por: Marcos Coutinho/Jardel Arruda

    Imprimir


O pleno do Tribunal Superior do Trabalho (TST) autorizou nesta quarta-feira (24) a instalação de cinco novas Varas de Justiça do Trabalho para os municípios de Peixto de Azevedo, Nova Mutun, Sapezal, Lucas do Rio Verde e Alto Araguaia. As cidades de Colniza e Confresa, que também estava presente no pleito, tiveram o pedido negado.

Por muito pouco o TST nega todos os pedidos de Mato Grosso. A instância máxima da Justiça do Trabalho tem por norma autorizar a instalação de novas varas somente quando há mais de 1500 reclamações trabalhistas por ano. Um dos membros do pleno votou contra as aberturas de varas porque não existe uma demanda confirmada.

O deputado federal Valtenir Pereira (PSB) e os prefeitos das cidades passaram a manhã e a tarde trabalhando nos bastidores, tentando convencer os juízes da necessidade das instalações desses instrumentos da Justiça trabalhista em Mato Grosso.

“Apesar do tribunal não ter percebido a importância de termos varas em Colniza e Confresa, vamos entrar com o pedido de reconsideração, mostrando que existe essa necessidade”, afirmou o parlamentar.

Vários municípios de MT, apesar de não possuírem a demanda confirmada, possuem as reclamações reprimidas em decorrência das distâncias entre o trabalhador lesado até a Comarca mais próxima.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/138385/visualizar/