Repórter News - www.reporternews.com.br
Saúde
Segunda - 05 de Outubro de 2009 às 13:22
Por: Carolina Miranda

    Imprimir


O MT - Hemocentro, responsável pelo controle e reposição dos estoques de sangue em Mato Grosso, nesse momento em especial, conclama e faz um apelo à população para a necessidade de se conseguir os doadores de sangue dos fatores RH negativos, principalmente o tipo O negativo (doador universal), o mais difícil de ser encontrado e o mais utilizado para atender a demanda em casos de emergência como nos casos de dengue hemorrágica, acidentes, cirurgias emergenciais, entre outros. “No momento essa tem sido a nossa maior preocupação. Não está em falta. Há bolsas suficientes para suprir a necessidade, mas sempre precisamos de mais doadores”, destacou a diretora geral do MT - Hemocentro, Eliana Rabane.

“A doação é um ato espontâneo. Os doadores do tipo O, A, AB e B são mais frequentes. Já os do tipo O negativo são mais difíceis. Segundo dados da Secretaria, em Mato Grosso 6% da população têm esse tipo de sangue. Daí a necessidade mais frequente da busca desses doadores”, destacou a diretora.

Eliana Rabane aproveita a oportunidade para fazer esse chamamento também aos demais doadores devido à proximidade de mais um feriado, na próxima segunda-feira (12.10). “Volto a destacar, estamos precisando de sangue O negativo, mas não implica dizer que não precisamos de todos os tipos de sangue”, frisou Eliana Rabane.

A diretora lembra que, a unidade trabalha com o objetivo de conseguir doadores fidelizados. Ou seja, aqueles que doam sangue com frequência, respeitando o intervalo de três meses para as mulheres e dois meses para os homens em cada doação e manter um estoque permanente para atender a demanda diária do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o Estado. “Salientamos ainda, que o MT - Hemocentro está apto a atender uma demanda superior a 60 doadores/dia.

DOAÇÃO DE SANGUE- Doar sangue não dói, é rápido, fácil, e, principalmente, não debilita e não prejudica a saúde. Em cada doação são retirados, em média, 450 mililitros de sangue. Uma pessoa adulta tem em torno de cinco litros de sangue. A quantidade retirada não afeta a saúde do doador e a recuperação são imediatas após o ato.

Para ser um doador basta sentir-se bem e com saúde, apresentar um documento com foto, válido no território nacional, ter idade entre 18 e 65 anos, estar bem alimentado e pesar 50 Kg ou mais.

Os postos de coleta são: Rua 13 de Junho, 1.055, das 07h30 às 17h30, de segunda à sexta-feira e aos sábados, das 07h30 às 12h; Unidade de Coleta do Pronto Socorro Municipal de Cuiabá, (à Rua General Valle, s/n) das 8h às 18h, de segunda à sexta-feira; Unidade Emergencial de Coleta do Postão-VG. Rua 24 de maio, s/n. Centro de Várzea Grande (em frente à antiga caixa d´água), às terças, quartas e quintas-feiras, das 08h30 às 16h.





Fonte: Assessoria/SES-MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/153737/visualizar/