Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Nacional
Terça - 27 de Janeiro de 2009 às 15:13

    Imprimir


Quase dez anos depois, uma estudante, que foi vítima de estupro quando tinha 12 anos de idade, vai ser indenizada pelo estado. O crime foi em Hortolândia, 105 km de São Paulo. Pela decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo, a família da garota, que deve ter cerca de 22 anos agora, vai receber 177 mil reais de indenização.

O crime foi numa escola estadual do bairro Jardim Santa Clara do Lago, em setembro de 1999. Naquela ocasião, um jovem pulou o muro e se escondeu no banheiro. A estudante estava na quinta série. Funcionários a encontraram nua e amordaçada. A carteira de identidade do estuprador estava dentro do vaso sanitário. A polícia prendeu o rapaz de 22 anos quando ele chegava em casa. O suspeito confessou o crime, segundo as autoridades policiais.

Na época, as roupas que ele usava foram encaminhadas para perícia. Alunos e pais protestaram em frente ao colégio pedindo mais segurança.

O estado já recorreu da decisão, mas o pedido foi negado. O advogado da família, Ademar Gomes, informou que não cabe mais recurso do estado. Ainda não há previsão para o dinheiro ser liberado.

A Procuradoria Geral do estado informou que sabe da decisão mas ainda não tem detalhes do processo. Mas que se não tiver recurso mesmo, vai fazer o pagamento da indenização. Não há previsão de quando isso vai ser feito.





Fonte: G1

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/165624/visualizar/