Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Saúde
Quarta - 05 de Novembro de 2008 às 10:45
Por: Theodora Malacrida

    Imprimir


Uma panfletagem na Avenida Brasil na tarde de ontem, marcou o início da 10ª Campanha do Câncer de Pele, sendo esta a primeira vez a ser realizada em Tangará da Serra.

A campanha é uma realização da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e neste sábado, 8 de novembro, serão realizados atendimentos no Posto Central, das 9h às 15h, pelas dermatologistas Andrea Saad e Lara Tavares.

De acordo com a coordenadora da campanha em Tangará da Serra, Andrea Saad, Mato Grosso é um estado onde a incidência do câncer de pele é muito alta devido o sol. “Mato Grosso tem uma incidência muito grande com relação ao câncer de pele, o sol é muito forte, tornando-se um perigo para a população. Por isso neste sábado, iremos realizar atendimentos gratuitos no posto central. Dando oportunidades àquelas pessoas que muitas vezes não tem acesso ao médico”, observou Andrea.

O aposentado Aristides Gomes, de 57 anos, recebeu o panfleto e se interessou pelo assunto, pois o mesmo já fez uma cirurgia de retirada do câncer. “Fiz uma cirurgia não tem muito tempo mas estou com um ´carocinho´ que está me incomodando, e vou aproveitar este sábado para ser examinado novamente e que sabe até encaminhado se for o caso”, comentou.

Segundo a dermatologista Lara Neiva Tavares, a cada 15 dias, chegam em seu consultório as biópsias e aproximadamente seis casos são registrados por mês. “De uma forma geral, as pessoas já procuram um especialista no início da doença, o que torna o tratamento muito mais fácil. Mas Tangará da Serra é uma cidade propensa à doença, pois a população é de maioria origem européia, ou seja, com uma pele muito clara e sensível à exposição ao sol”, ressaltou a especialista, frisando ainda, que não existe bronzeamento saudável. “Não existe bronzeamento saudável, quando nos expomos ao sol a pigmentação de nossa pele vai mudando, ficando cada vez mais fragilizada. Já a pessoa de pele negra não sofre tanto com a doença, mas não deve deixar de usar o filtro solar, haja vista que em sua maioria, os negros têm mais tendências a terem câncer de pele nas palmas das mãos, lábios, ou seja, áreas com menas pigmentação. Com certeza são pessoas bem mais privilegiadas com suas peles que nós”, informou Lara.

O QUE É O CÂNCER DE PELE – Câncer de Pele é o crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Estas células se dispõem formando camadas e, dependendo da camada afetada, teremos os diferentes tipos de câncer. Os mais comuns são os carcinomas basocelulares, espinocelulares e melanomas. Dos tumores existentes, o câncer da pele é o mais freqüente. Muitos deles poderiam ser evitados se medidas de prevenção fossem aplicadas em tempo apropriado, permitindo assim a cura.

PREVENÇÃO – Examinar sua pele regularmente e reconhecendo os sinais precoces de tumor, é uma forma de prevenção. Proteger-se dos raios solares através do uso de bonés, roupas e filtros solares adequados. Os cuidados com a exposição ao sol devem ser adotados qualquer hora, pois a radiação UVA (responsável pelo envelhecimento e melanoma) atinge a terra durante todo o dia. Já a radiação UVB (responsável pelos carcinomas e envelhecimento) incide das 10h às 15h.

REGRAS DO SOL PARA AS CRIANÇAS – As crianças também sofrem com o sol forte. Filtros solares infantis são feitos especialmente para os pequeninos. Não significa que protege mais que um de adulto, mas, não é recomendável usar filtro solar de adulto em crianças, pois pode causar alergias nos mesmos. Não use filtro solar em bebê de até seis meses. Mantenha-os fora do sol. Assegure-se de que há sombra total nos carrinhos e na cadeirinha do carro. Quando sair à rua, use sempre sombrinhas para o sol. Alguns remédios fazem com que a pele fique mais sensível ao sol. Quando o pediatra prescrever alguma medicação, pergunte se o sol deve ser evitado.





Fonte: Diário da Serra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/170217/visualizar/