Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Economia
Terça - 16 de Outubro de 2007 às 16:33

    Imprimir


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje, na República Democrática do Congo, que pretende forçar "uma negociação" com os Estados Unidos e a Comunidade Européia para destravar a rodada comercial de Doha, da Organização Mundial do Comércio (OMC). Em declaração ao lado do presidente congolês, Denis Sassou-Nguesso, Lula propôs que países em desenvolvimento, como o Brasil, flexibilizem tarifas de importação de produtos industrializados e, por sua vez, os países ricos reduzam os subsídios agrícolas. "O que quero é um grande acordo para que a União Européia facilite a entrada dos produtos dos países mais pobres e os Estados Unidos diminuam a quantidade de subsídios na agricultura interna. E os países em desenvolvimento, como o Brasil, flexibilizem seus produtos industriais."

Lula adiantou, no entanto, que a flexibilização não pode causar danos às indústrias dos países emergentes. "Os países que estão em desenvolvimento agora não podem abdicar de sua indústria. O problema é que essa flexibilização tem que ser proporcional a cada país. Lula foi aplaudido por autoridades da República do Congo e pelo presidente do país quando criticou os países ricos. "O que estou propondo é que os países ricos parem de tratar os países pobres como se fossem pedintes", disse.




Fonte: AE

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/202585/visualizar/