Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Cidades/Geral
Sexta - 06 de Julho de 2007 às 12:39

    Imprimir


O coronel Joelson Sampaio, responsável pela investigação referente à desastrosa simulação da Polícia Militar em Rondonópolis, pediu prorrogação do prazo para concluir o Inquérito Policial Militar. O prazo terminaria no domingo, dia 8 de julho.

O coronel fez a solicitação de prorrogação à Corregedoria porque a perícia das imagens registradas por um cinegrafista amador ainda não ficou pronta. As imagens foram encaminhadas para um laboratório de Brasília, mas não há data prevista para que o laudo fique pronto.

Dois policiais militares que participaram da simulação anti-seqüestro em Rondonópolis chegaram a ser presos. O cabo Joailton Lopes de Amorim e o soldado Cleber dos Santos Souza foram detidos porque havia indícios, segundo o coronel, de que da arma de um dos dois policiais saiu o tiro que matou o adolescente Luiz Henrique Dias Bulhões, de 12 anos. Na simulação da PM, outras nove pessoas ficaram feridas.





Fonte: Tv centro America

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/218076/visualizar/