Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Copa 2014
Sábado - 02 de Março de 2013 às 08:56
Por: Vinicius Konchinski

    Imprimir


O valor consta de um edital divulgado na sexta-feira pelo governo para contratar a instalação das estruturas necessárias para o evento. O documento foi publicado no Diário Oficial do Estado e marcou o início da concorrência que definirá a empresa responsável pelo serviço.A reforma do Maracanã ainda não foi concluída, mas já se sabe que ela não será suficiente para preparar o estádio para a Copa das Confederações, que começa em junho. Para estar 100% pronto para o torneio, o estádio ainda precisa ganhar uma série de estruturas temporárias no seu entorno. Esses equipamentos ainda devem custar R$ 49,6 milhões.

Quem ganhar a concorrência terá de montar e desmontar os barracões, tendas e outros equipamentos que serão usados pela Fifa, seus parceiros e a imprensa durante o torneio. Não foi divulgado pelo governo por quanto tempo esses equipamentos devem estar disponíveis. Sabe-se já que eles precisam permanecer à disposição durante toda a Copa das Confederações, que vai de 15 a 30 de junho.

Empresas interessadas no serviço têm até 18 de março para apresentarem sua proposta. Quem oferecer o menor preço leva. Nenhuma proposta pode ultrapassar o valor de referência da licitação: R$ 49,6 milhões.

Polêmica

As estruturas temporárias já foram tema de polêmica entre Fifa e cidades-sede da Copa do Mundo e Copa das Confederações. A entidade máxima do futebol informou que a montagem dos barracões e tendas é uma responsabilidade dos governos locais. Acontece que, quando os governos começaram a orçar esses equipamentos, se assustaram com o preço e se queixaram.

O governo federal interviu. O secretário executivo do Ministério do Esporte, Luis Fernandes, disse que solicitou uma revisão das exigências da Fifa. O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, informou no final de janeiro que, devido a essa revisão, o valor das estruturas temporárias dos estádios caiu 15%.

Mais um gasto

Mesmo com o desconto de 15%, esse gasto ainda continua na conta dos governos locais. No caso do Rio de Janeiro, ele é mais um custo para a preparação do Maracanã para a Copa das Confederações e a Copa do Mundo.

A reforma do estádio para os torneios já custa cerca de R$ 935 milhões. Estava orçada em R$ 750 milhões quando começou, mas teve seu valor alterado várias vezes, assim como o seu prazo de entrega. De dezembro de 2012, a inauguração estádio passou para maio deste ano --dias antes da Copa das Confederações.

No caso do Maracanã e dos outros estádios da Copa das Confederações, aliás, o gasto com as estruturas temporárias é dobrado. Agora, os equipamentos estão sendo contratados para o torneio-teste da Copa do Mundo. Depois, terão de ser contratadas mais uma vez para o Mundial de 2014.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/26826/visualizar/