Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Saúde
Terça - 01 de Agosto de 2006 às 14:43

    Imprimir


Foi inaugurado na manhã de ontem, segunda-feira, dia 31, junto a Fundação Hospitalar de Nova Mutum um Centro de Diagnóstico por Imagem, resultado de parceria entre a instituição e médicos locais. A partir de agora exames de ultra-sonografia e eletrocardiograma são feitos dentro do próprio hospital, significando economia e agilidade na obtenção dos resultados.

Na parceria os médicos adquiriram os equipamentos e o Hospital disponibilizou a estrutura física. Dos exames realizados, 80% do que é pago será para os proprietários do equipamento e 20% para o Hospital. O investimento nos equipamentos foi aproximadamente 160 mil reais. Até então, eletrocardiogramas eram feitos através de um sistema chamado Telemede, cujo resultado demorava alguns minutos e as ultra-sonografias eram terceirizadas.

Segundo o presidente da Fundação, Cesar Balan, para os pacientes encaminhados pelos PSFs ou mesmo internados no Hospital pelo SUS – Sistema Único de Saúde, os exames de ultra-sonografia e eletrocardiograma não serão cobrados. Vão pagar apenas pacientes particulares e de convênios. “A população vai ser beneficiada de todas as formas, uma vez que o acesso é para todas as camadas sociais. Essa é uma de nossas preocupações, ou seja, proporcionar os mesmos benefícios a todos os nossos clientes”, disse.

O aparelho de ultra-sonografia colocado à disposição do hospital é um dos mais modernos do país, conforme explica o médico parceiro Cassiano Maia. Segundo ele são apenas cinco em Mato Grosso e o grande benefício dessa alta tecnologia está na clareza e definição diagnóstica que o mesmo proporciona.

Presente na solenidade o prefeito Adriano Pivetta disse estar satisfeito com as inovações que estão sendo colocadas a disposição da comunidade. Ele destacou também que os médicos que atuam em Nova Mutum conhecem o potencial da cidade, o seu ritmo de crescimento e a necessidade de investir em novas tecnologias. “Atitude como esta mostra também o espírito de companheirismo que existe entre os profissionais médicos, uma vez que todos poderão encaminhar seus pacientes para fazer uso do equipamento”, explicou.

O prefeito falou também sobre o projeto para construção do novo hospital de Nova Mutum já que o espaço físico do atual tem se mostrado pequeno. “O projeto já está praticamente pronto. Neste ano não teremos condições de iniciar a obra, mas acredito que em 2007 será possível fazer com que ele saia do papel”, disse. Uma área para construção já estaria em fase de negociação.

Estiveram presentes também na solenidade o presidente da Câmara de Vereadores, Joaquim Diógenes Jacobsen, o secretário municipal de Saúde e Saneamento, João Batista, os vereadores Unírio Schirmmer e Alice Faccio, o gerente do BB, Mauro Weber, o diretor do Hospital, Mauro Manjabosco, representante da empresa Perdigão MT e médicos da instituição.





Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/286185/visualizar/