Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Educação/Vestibular
Segunda - 12 de Junho de 2006 às 09:55

    Imprimir


A criação de um curso de “Licenciatura (Plena) em Educação do Campo” foi o tema de uma das últimas mesas redondas do Seminário Nacional sobre Educação do Campo e da II Reunião Nacional do Consed 2006. A proposta foi apresentada aos participantes do evento na sexta-feira (09.06) pelo coordenador geral de Educação do Campo do Ministério da Educação (MEC), Antônio Munarim. O curso integra a proposta do Plano Nacional de Formação dos Profissionais da Educação do Campo.

Entre os objetivos apresentados destacam-se formação de educadores para a atuação específica junto às populações que trabalham e vivem no e do campo; o desenvolvimento de estratégias de formação para a docência multidisciplinar em uma organização curricular porá áreas de conhecimento nas escolas do campo; construir coletivamente, com os próprios sujeitos do campo, um projeto de formação de educadores que sirva como referência prática para políticas e pedagogias de Educação do Campo.

O curso tem como público alvo os professores em exercício nas escolas do campo sem formação em nível superior; profissionais que atuem nos centros de alternância ou em experiências educacionais alternativas de Educação do Campo; e jovens e adultos que desenvolvam atividades educativas não escolares nas comunidades do campo que tenham o ensino médio concluído e ainda não tenham formação em nível superior.

“Esse curso propõe, na perspectiva da inter-disciplinariedade, a construção de uma alternativa de organização do trabalho escolar”, disse o coordenador. “É uma proposta com plenas condições de ser implantada já”, acrescentou.

Para o presidente da Andifes e reitor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), professor Paulo Speller, a preocupação com a qualidade da educação deve permear as discussões sobre o novo curso a ser implantado. “Há uma expectativa de que os resultados da Educação do Campo sejam sempre inferiores aos da Educação Urbana. E nós não podemos aceitar isso”, ressaltou.

A proposta de criação do curso de Licenciatura (Plena) em Educação do Campo apresentada durante o Seminário Nacional de Educação do Campo foi debatida no dia 07 de abril na Câmara de Formação do MEC com 12 universidades públicas convidadas e com a comissão de formação do Grupo de Trabalho da Educação do Campo (Secad).





Fonte: O Documento

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/295259/visualizar/