Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Cidades/Geral
Terça - 24 de Janeiro de 2006 às 04:40
Por: Raquel Teixeira/Jonas da Silva

    Imprimir


Com mais um importante investimento em infra-estrutura urbana para a Capital mato-grossense, o Governo do Estado está realizando a obra de drenagem de águas pluviais na avenida Beira Rio. Na obra total, que compreende a avenida até o bairro São Gonçalo Beira Rio, serão aplicados R$ 2,61 milhões, recursos em sua maioria dos cofres estaduais.

O Estado vai investir R$ 1,48 milhão, oriundos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab). Outros R$ 1,02 milhão são de emendas parlamentares estaduais e a Prefeitura de Cuiabá entra com uma contrapartida de R$ 112,5 mil.

Após descerrar a placa da obra próximo à Ponte Sérgio Motta, no final da tarde desta segunda-feira (23.01), o governador Blairo Maggi e o prefeito Wilson Santos percorreram, a pé um trecho da avenida, nas proximidades onde se localizava antes o Supermercado Comper. O local percorrido compreende o trecho a ser pavimentado.

O trabalho de vistoria do governador teve objetivo de verificar no local as condições em que se encontra a avenida. Maggi ainda comparou fotos que mostraram como era a avenida há alguns anos, e atualmente.

Durante a vistoria, o governador reiterou o apoio dos parlamentares estaduais Carlos Brito, Eliene Lima, Zeca D´Ávila e Sérgio Ricardo na designação de recursos para a recuperação da avenida, por meio de emendas.

MELHORIA DE ACESSO – Maggi ressaltou a importância social da obra, pois a pavimentação vai facilitar o tráfego de usuários de Várzea Grande e do bairro Porto para a região do Coxipó e vice-versa, principalmente o transporte de universitários da Unic e da Unirondon.

“Esta obra da avenida Beira Rio é importante porque vai evitar o alagamento desta via e melhora o tráfego intenso que tem neste local, com a circulação de quase 30 mil estudantes de duas universidades”, disse.

O governador afirmou também que a obra é importante porque compõe o programa anunciado pelo Governo do Estado, ao final do ano passado, de asfaltamento urbano em todas as cidades de Mato Grosso.

A obra deve ser concluída dentro de dez meses e vai contribuir para o melhoramento do acesso e o trânsito na avenida Beira Rio evitando com isso os excessivos alagamentos em pontos críticos, a exemplo do que ocorre nos períodos chuvosos em ruas próximas à Universidade de Cuiabá (Unic) e ao córrego do Gambá.

No projeto, também serão realizadas obras para melhorar as rotatórias e a falta de guias. A obra contempla, além de drenagem e pavimentação, paisagismo e iluminação pública desde as universidades até ao trevo da avenida com a avenida Fernando Corrêa, no total de 2,6 quilômetros.

O prefeito relembrou a importância da avenida Beira Rio. Ele agradeceu a parceria do Estado na concretização da obra. “Quero agradecer o apoio do governador Blairo Maggi na parceria desta importante via para Cuiabá. A avenida não comportava mais o tráfego na atual situação. O Governo do Estado e a Prefeitura de Cuiabá se unem para transformar esta avenida”, comentou Wilson.

“Se o Estado pode fazer uma parte e a Prefeitura outra, juntos temos força e podemos fazer muito mais”, destacou o governador, acrescentando que a parceria entre Estado e Prefeitura é fundamental para que a população tenha acesso a melhores serviços públicos. “Estamos retornando o que é de direito a quem paga e sustenta o estado, o cidadão”, frisou Maggi.

Com suas ações nos últimos três anos, o Governo Estadual assegura a Cuiabá obras que contemplam os mais diversos setores. Da habitação à saúde, segurança pública e educação, cultura, turismo e regularização fundiária, entre outros.

Acompanharam o governador, além do prefeito e deputados estaduais, os secretários de Planejamento e Coordenação Geral, Yênes Magalhães; de Cultura, João Carlos Vicente Ferreira; de Infra-estrutura, Vilceu Marchetti; Adjunto de Habitação, Saneamento e Vias Urbanas, Joaquim Curvo; o reitor da Unic, Altamiro Galindo; a vice-prefeita, Jacy Proença; vereadores, secretários municipais e líderes comunitários da região.




Fonte: Secom - MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/323074/visualizar/