Repórter News - www.reporternews.com.br
Politica Brasil
Quarta - 27 de Outubro de 2004 às 08:03

    Imprimir


O prefeito eleito com o maior percentual de votos em Mato Grosso, Maurício Cardoso Tonhá, o “Maurição” (PPS), do município de Água Boa, disse ontem que a adesão recebida nas ruas foi uma resposta da população que não o elegeu para prefeito quando ele concorreu em 2000.

“Acredito que como eles preferiram o outro candidato e a administração não correspondeu, eles [os eleitores] agora me escolheram com essa excelente votação”, afirmou Maurício Cardoso, logo após a abertura do I Seminário Estratégico para Novos Gestores Municipais, na Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), em Cuiabá.

Naquela ocasião, Maurício Cardoso Tonhá era filiado ao PDT, obteve 3.605 e não consegui se eleger. A vitória ficou para Selso Lopes de Carvalho (PSDB), com 4.487 votos.

Após quatro anos, Tonhá concorreu novamente, dessa vez pelo PPS, e atingiu a marca de 6.692 votos. Já seu único concorrente no pleito, Edilson Pedro Spenthof (PT), registrou 2.159 votos.

No balanço eleitoral da citada cidade foram 8.851 em votos nominais, 521 votos nulos, 123 votos brancos e nenhum voto em legenda.

Presidência da AMM

O novo prefeito disse que já começa a ser procurado por prefeitos de sua região para liderar um processo de disputa pela presidência da AMM, marcada para acontecer em janeiro de 2005. Ao ser questionado se é candidato, disse que ainda não está nada definido, mas a idéia é eleger alguém que represente a região do Araguaia. “Somos pouco representados, cinco recém-prefeitos já me procuraram para falar sobre isso, entre eles José Marques de Queiroz (PFL), de Nova Nazaré, Altino Vieira de Rezende Filho (PFL).





Fonte: Folha do Estado

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/369752/visualizar/