Repórter News - www.reporternews.com.br
Politica Brasil
Terça - 27 de Abril de 2004 às 13:57

    Imprimir


A fundista Maria Zeferina Baldaia (Mizuno/Santa Elisa), 32, intensificou os treinos nos canaviais de Sertãozinho (SP) em preparação para disputa da Maratona de São Paulo, no próximo domingo. Ela tentará alcançar na prova o índice para os Jogos Olímpicos de Atenas (Grécia).

"É o sonho dourado de todo atleta. Acredito muito na vitória e, principalmente, na conquista do índice. A alteração do percurso, o clima mais fresco, a temperatura menor, a prova em São Paulo, tudo está favorecendo", afirmou Zeferina Baldaia, campeã da prova em 2002.

A fundista não mudou seus hábitos e preferiu não correr fora do país para conseguir a marca olímpica --o índice "A" exigido pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo) é de 2h37min. "Pensei em correr em Londres (ING), mas achei melhor não arriscar", disse a corredora.

Zeferina venceu há duas semanas a Meia-Maratona da Corpore. "Corri bem na Corpore e isso me deu mais confiança. Correr é a minha profissão e trabalho muito por isso. Conseguir o índice será, em primeiro lugar, um grande presente para mim, minha família", destacou ela.

Em 2002, Zeferina completou a Maratona de São Paulo em 2h36min07s. Na época venceu e, ainda, bateu o recorde da prova. "No ano passado, fiquei fora da competição. Desta vez, com muita fé, espero completar em, no máximo, 2h36min e garantir minha vaga", finalizou.

O Brasil pode levar três atletas na maratona para Atenas. Até o momento, a catarinense Márcia Narloch (Mizuno/Unicsul) tem a melhor marca da prova, com 2h29min59s. A paulista Marlene Fortunato (Mizuno) possui o segundo melhor tempo, com 2h35min13s.




Fonte: Folha Online

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/384748/visualizar/