Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Cidades/Geral
Terça - 06 de Abril de 2004 às 13:09
Por: Pamela Muramatsu

    Imprimir


A Secretaria de Trabalho, Emprego e Cidadania (Setec) em parceria com a Fundação Centro de Reabilitação Dom Aquino Corrêa, a Secretaria de Estado de Saúde e a Pausou doaram uma cadeira de banho, uma cadeira de rodas, duas cestas básicas e dez pacotes de fraldas descartáveis a Maria Luiza da Silva, de 100 anos. A ação faz parte da homenagem ao Dia Nacional da Mulher Idosa, que se comemora hoje.

A secretária Terezinha Maggi, o presidente da Fundação Dom Aquino Corrêa e o secretário-adjunto de Saúde Juliano Canavarros visitaram a idosa, na manhã desta terça-feira (06.04), na residência onde ela mora com a filha Benedita Luiza da Silva, 53, no bairro Jardim Glória II, em Várzea Grande.

A idosa não tem forças mais para se alimentar e depende de outras pessoas para locomover-se, tomar banho e fazer as necessidades diárias. De acordo com a filha, o quadro de saúde de Maria Luiza da Silva agravou-se depois que a anciã sofreu um derrame a três meses. Benedita Luiza da Silva contou que a mãe perdeu a visão há cerca de três anos.

A falta de recursos financeiros fez a família e uma vizinha solicitar ajuda por meio de veículos de comunicação, forma pela qual a secretária Terezinha Maggi teve conhecimento do caso de Maria Luiza da Silva. A secretária foi quem fez a articulação com os demais órgãos do Estado para as doações.

Uma assistente da Fundação de Promoção Social (Prosol) esteve presente no local e fez as entrevistas necessárias para a análise do perfil social da família. A Prosol garantiu uma cesta básica por mês para a anciã. A renda familiar é de dois salários mínimos.

Além dos alimentos, o secretário-adjunto de Saúde, Juliano Canavarros, afirmou que a Secretaria de Estado de Saúde intermediou a prestação de atendimento médico a idosa na Policlínica do Jardim Glória II. Canavarros destacou à senhora passará por um check-up médico, com exames cardiológicos, de pressão arterial entre outros.

O presidente da Fundação Centro de Reabilitação Dom Aquino Corrêa, Wilson Duarte, afirmou a fundação realizará exames oftalmológicos na anciã para detectar se a cegueira é reversível. Benedita Luiza da Silva conta que a mãe começou a perder a visão por conta de uma catarata.

De acordo com Terezinha Maggi, este tipo de ação demonstra que o Governo do Estado está preocupado em garantir uma melhor qualidade de vida para os idosos. "Nós nos unimos a fim de promover a assistência necessária que esta senhora necessita. Proporcionando um descanso adequado a ela", disse a secretária.

Maria Luiza da Silva completou 100 anos em agosto do ano passado. A anciã tem 11 filhos, todos vivos. A filha que cuida dela, Benedita Luiza da Silva, é a caçula. A idosa está sempre deitada em uma rede, local onde gosta de ficar, e devido à paralisia quase não sai de casa. "Com a cadeira de rodas poderei levá-la para tomar um pouco de sol e passear", diz a filha.

A casa também não oferece condições adequadas para o banho e as necessidades físicas da anciã. A cadeira de banho proporcionará higiene adequada.




Fonte: Secom-MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/386806/visualizar/