Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Copa 2014
Segunda - 09 de Junho de 2014 às 15:15

    Imprimir


Em meio a comoção da torcida colorada em frente ao Centro de visitantes Gigante para Sempre, que se tornou uma espécie de memorial para o atacante Fernandão, falecido no início do último sábado, a história curiosa de um argentino apaixonado por futebol chamou atenção. Frederico Lescano partiu de Concepcion del Uruguay Entre Rios, até Porto Alegre em cima de uma bicicleta para acompanhar a partida Argentina x Nigéria pela Copa do Mundo, no dia 25 de junho.

Juntamente de seu amigo Augustin Collman que também o acompanha na viagem para o Brasil, Frederico criou um canal no Youtube, “El ojo tv bike”, para transmitir inúmeras aventuras que realiza pela América do Sul. Há 38 dias ele partiu de sua cidade natal em direção a capital gaúcha, com duas coisas básicas o acompanhando, o sonho de ver pessoalmente sua seleção jogando uma Copa do Mundo e o ingresso para a partida contra a Nigéria, no estádio Beira-Rio. Durante o percurso o argentino acampou em campos abertos e propriedades de pessoas que lhe concederam abrigo.

A viagem de 1.300 quilômetros, teve, segundo Lescano, momentos de altos e baixos. Pela estrada o argentino comenta ter conhecido muitas pessoas boas e que o ajudaram, porém, confessa ter conhecido pessoas ruins que o tentaram enganar e tirar vantagens de seu espírito sonhador.

-Conheci muitas pessoas boas pelo caminho, essa experiência é incrível, não há dinheiro que pague. Conheci pessoas ruins também, pessoas que tentam tirar proveito desse jeito sonhador que carrego comigo, mas tudo conta como experiência e no fim, as pessoas boas aparecem em maior quantidade do que as más.

Outra dificuldade encontrada pelo ciclista em sua jornada foi o frio. Frederico confessa que não conhecia o clima do Rio Grande do Sul e que tinha a ideia de que a temperatura fosse parecida com o calor do Rio de Janeiro. Como resultado do seu “erro de cálculo” o argentino confessa estar passando muito frio com suas poucas roupas.

Lescano ainda comenta sorrindo que tem usado seu mini-botijão de gás, utilizado para fazer comida quando acampa, para se aquecer do frio durante a noite.

-Achei que a temperatura fosse como no Rio de Janeiro, esperava calor. Tenho sofrido bastante nos últimos dias com a temperatura daqui. Minha sorte é que trouxe o meu pequeno gás, que uso para fazer comida e também para me aquecer.

Por fim, mesmo tendo percorrido mais de mil quilômetros e estar viajando a quase 40 dias, Frederico Lescano é sincero em sua opinião sobre o futuro da Argentina na Copa do Mundo. Ele afirma que está convicto de que seu país não será campeão mundial no Brasil.

-Não acredito em um título nosso, seriamos uma surpresa muito grande. Todos falam do Messi, mas na verdade, acho que o Messi não fará nada demais. Embora ache que não vamos ganhar, a experiência de viajar todo esse tempo e estar aqui para assistir ao jogo, é um sonho realizado.





Fonte: Globo Esporte

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/396842/visualizar/