Repórter News - www.reporternews.com.br
Judiciário e Ministério Público
Terça - 22 de Outubro de 2019 às 13:37
Por: Arthur Santos da Silva/Olhar Direto

    Imprimir


O promotor de Justiça Roberto Aparecido Turin, membro do Ministério Público de Mato Grosso (MPE), instaurou no dia 8 de outubro uma investigação para apurar possível superfaturamento em pregão eletrônico datado de 2016 da Secretaria de Estado de Gestão (Seges) e vencido pela empresa Pires de Miranda e Cia Ltda.

Ainda em fase inicial de investigação, não há informações sobre valores. Conforme citado no Diário Oficial do Estado, a empresa é responsável por fornecimento de almoços, jantares e coffe break para diversos órgãos de Mato Grosso.

A suspeita foi levantada após apresentação de relatório produzido pela Controladoria Geral do Estado. Auditoria revelou irregularidades. O caso pode significar ato de improbidade administrativa. Se encontrados indícios mínimos, haverá proposta de ação.

O Ministério Público de Mato Grosso, na figura do promotor de Justiça Roberto Turin, já notificou a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) para que informa se o pregão em exame continua em vigência.



Após o fornecimento dos dados, Turin reexaminará a validade da investigação.




Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/433608/visualizar/