Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Esportes
Quinta - 04 de Março de 2021 às 18:44
Por: Gustavo Ourique/Da Assessoria

    Imprimir


Mesmo enfrentando uma das piores pandemias no mundo, os atletas do Cuiabá Arsenal continuaram os treinamentos fora de campo e, com apoio dos patrocinadores, se preparam para iniciar uma nova etapa de treinos, mas desta vez dentro de campo. Tudo isso para disputar a 4ª edição do campeonato de futebol americano no país, organizado pela Liga BFA.

Para a realização do torneio, o presidente da Liga, Marcelo Bruno, e o diretor de Operações Esportivas, Lucas Midaglia Rossetti, apresentaram documento com possíveis cenários para o pleno andamento do campeonato no Brasil ainda neste ano, considerando os aspectos relativos à Covid-19 no país. A melhor das hipóteses começa no dia 2 de julho (com seis jogos na fase regular) e a pior em 7 de agosto (com apenas quatro jogos na fase regular).

Além disso, a distribuição dos jogos será feita de forma cuidadosa e levando em consideração as diferenças que existem entre cada região do país.

O capitão do Cuiabá Arsenal, o linebacker Igor Mota, explica que apesar da pandemia, as atividades não pararam. “Fora do campo, continuamos formando parcerias, fortalecendo laços e mantendo o time ativo”.

“Estamos em contato com treinadores para em 2021 iniciarmos o projeto que seria de 2020, com um Head Coach (treinador) que lidere o time nos projetos”, disse o capitão do time, que concluiu: “se tudo estiver liberado e de acordo com as normas de segurança, acredito que já estaremos retomando às atividades com cautela e zelo”.

O documento elaborado pela Liga sugere, ainda, sobre a possível data de retorno aos treinos pelas equipes inscritas no torneio nacional, com início previsto para 3 de abril no melhor dos cenários e para o dia 27 de maio para a pior das hipóteses.

Para Pedro Thomazo, que participou do try out (peneira) do Cuiabá Arsenal e conseguiu uma vaga no time de formação em 2019, a espera por um posicionamento não o fez desanimar e que continua condicionado fisicamente para um possível retorno ainda neste ano. “Logo que a pandemia passar, estarei apto para os treinos




Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/440980/visualizar/