Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Agronegócios
Quinta - 23 de Setembro de 2021 às 15:06
Por: Por G1 MT

    Imprimir


Produção de soja em MT — Foto: Divulgação
Produção de soja em MT — Foto: Divulgação

Dos 50 municípios com os maiores valores da produção agrícola no país no ano passado, 20 são de Mato Grosso, aponta a pesquisa Produção Agrícola Municipal 2020 (PAM) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O município com o maior valor da produção agrícola foi, novamente, Sorriso, no norte de Mato Grosso. Foram R$ 5,3 bilhões, ou 1,1% do total nacional, com alta de 35,5% ante 2019. Sorriso gerou R$ 1,9 bilhão com a produção de milho, 58,3% a mais que em 2019, R$ 2,8 bilhões com a produção de soja (29% a mais) e R$ 454,1 milhões na produção de algodão herbáceo (em caroço).

Ranking dos municípios produtores agrícolas por valor de produção — Foto: IBGE

Ranking dos municípios produtores agrícolas por valor de produção — Foto: IBGE

Na segunda posição está um município da Bahia, São Desidério. Mas na terceira outra cidade é mato-grossense: Sapezal, totalizando R$ 4,3 bilhões, com alta de 26,7% no ano. As principais culturais locais são: algodão, soja, milho e feijão.

O algodão herbáceo totalizou 990,2 mil toneladas, com alta de 10,7%, gerando um valor da produção recorde de R$ 2,3 bilhões. Já a produção de soja cresceu 8,0%, chegando a 1,3 milhão de toneladas e colocando o município na nona posição nacional em valor da produção desta leguminosa (R$ 1,5 bilhão)

Culturas com maior valor da produção agrícola no país — Foto: IBGE

Culturas com maior valor da produção agrícola no país — Foto: IBGE

Bahia e Mato Grosso do Sul, com seis municípios cada, figuraram na sequência. Esses municípios geraram R$ 106,9 bilhões, ou 22,7% do total do país.

O valor da produção agrícola de Mato Grosso cresceu 35,7% em 2020, em relação ao ano anterior. A produção foi de R$ 58 bilhões, em 2019, para R$ 79 bilhões, no ano passado.

Valor da produção nas 20 cidades de MT — Foto: IBGE

Valor da produção nas 20 cidades de MT — Foto: IBGE

Mato Grosso foi o maior produtor de cereais, leguminosas e oleaginosas do país, seguido por Paraná, Goiás e Rio Grande do Sul.

O destaque é para o cultivo de soja, o principal produto de exportação do Brasil, o milho e o algodão.

Milho

Mato Grosso seguiu em primeiro lugar na produção de milho, com 33,7 milhões de toneladas, quase totalidade colhida durante a 2ª safra, e valor da produção de R$ 19,1 bilhões (alta de 61,6%).

Sorriso (MT) foi líder dessa cultura no país, com 3,2 milhões de toneladas, seguido por Rio Verde (GO), com 2,2 milhões de toneladas, e Nova Ubiratã (MT), 2,1 milhões de toneladas

Algodão

Com 89,0% da área plantada, Mato Grosso e Bahia lideram a produção de algodão, com valores de produção de R$ 12,8 bilhões (alta de 23,1%) e R$ 4,4 bilhões (alta de 16,3%), respectivamente.

Soja

Mato Grosso teve aumento de 8,8%, totalizando 35,1 milhões de toneladas, na produção da soja, continuando como o maior produtor nacional.

Participação nacional

Participação por UF — Foto: IBGE

Participação por UF — Foto: IBGE

Campeão do ranking de valor da produção total, o estado aumentou sua participação nacional de 16,2%, em 2019, para 16,8%, em 2020, novamente à frente de São Paulo (14,5%), destaque no cultivo da cana-de-açúcar.

Produção no país


Já o valor da produção brasileira aumentou de R$ 361 bilhões, em 2019, para o recorde de R$ 470 bilhões, em 2020, uma alta de 30,4%. O resultado positivo se deve, principalmente, à elevação do valor da produção da soja, do milho, do café e do algodão.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/446811/visualizar/