Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Variedades
Quarta - 06 de Outubro de 2021 às 06:01
Por: Por G1 MT

    Imprimir


Depois de cinco anos, Mato Grosso recebe nova edição do Salão Jovem Arte — Foto: Gcom-MT
Depois de cinco anos, Mato Grosso recebe nova edição do Salão Jovem Arte — Foto: Gcom-MT

Começa nesta terça-feira (5) o 26º Salão Jovem Arte, que retorna a Mato Grosso após cinco anos, trazendo frescor às artes. A programação é híbrida: divida em três espaços culturais de Cuiabá e ainda com visitação on-line.

Nesta terça-feira, às 18h, será a abertura do mais importante salão de artes visuais de Mato Grosso, no Cine Teatro Cuiabá. Também será aberta a Exposição dos Artistas Homenageados em Memória, com curadoria de Jeff Keese e textos poéticos de Dani Paula Oliveira.

São obras de 11 gigantes das artes mato-grossenses, que partiram recentemente: Clovis Irigaray, Regina Pena, Benedito Nunes, Adir Sodré, Magna Domingos, Marta Catunda, Nilson Pimenta, Valdivino Miranda, Marília Beatriz, Rafael Rueda e Sebastião Mendes.

Na mesma noite, serão exibidos os documentários inéditos sobre três dos 11 homenageados: ‘Se Essa Rua Fosse Nunes’, com direção de Felippy Damian; ‘O Voo de Regina Pena’, de Laercio Miranda; e ‘Trajetória: Nilson Pimenta’, dirigido por Amilton Martins.

Após a noite de abertura, a Exposição dos Artistas Homenageados em Memória ficará disponível para visitação, de terça a domingo, das 8h às 18h, até dia 12 de dezembro.

Os projetos expográficos desta mostra e das outras duas foram desenvolvidos pelo arquiteto Jeff Keese – com experiência em várias expografias de São Paulo - em parceria com o cenógrafo Douglas Peron. A palavra 'expografia' define o trabalho de projetar e desenhar o espaço e organização de obras de arte numa exposição.

Mostra principal

Na quarta-feira (6), às 19h, será a vez de apresentar as obras dos artistas selecionados! Nove das dez categorias estarão expostas na Galeria Lava Pés, espaço que abriga a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), realizadora do Salão Jovem Arte.

Estarão disponíveis para visitação as obras das categorias pintura, desenho, ilustração, escultura/objeto tridimensional, videoarte, grafite/muralismo, gravura, instalação e performance. Os artistas selecionados trouxeram a vanguarda das expressões culturais – motivo do nome da exposição: jovem é a arte, sempre reconhecida por inovar, transformar.

Vislumbrando medidas de biossegurança, a recepção será na quadra de esportes ao lado da Galeria Lava Pés, permitindo visitação presencial controlada, além de garantir exibição das obras de arte em um telão.

A noite também será de premiação. Serão anunciados os vencedores por categorias e os dois prêmios aquisitivos (principais). O momento será ainda de confraternização, com discotecagem do Projeto Elã, desenvolvido por Paula Dias e Henrique Santian.

“A arte sempre cumpriu o papel de revelar a sociedade, provocar reflexões sobre ela e convidar para o novo. Estamos muito felizes com a qualidade das obras que recebemos. E estamos em um momento social crucial. A arte sempre nos salvou e está salvando novamente”, comentou o diretor geral da exposição híbrida, o cineasta e produtor Luiz Geraldo Marchetti, do Centro Audiovisual Luiz Marchetti (CALM).

O CALM e a organização social Instituto Kurâdomôdo – Cultura Sustentável, dirigida por Cleide Arruda, foram contratados pela Secel/MT, mediante seleção pública, para organizar o 26º Salão Jovem Arte.

O titular da Secel/MT, Beto Dois a Um, reforçou a importância cultural da iniciativa para Mato Grosso. “Grandes nomes das artes visuais foram revelados no Salão Jovem Arte e estamos na expectativa dos novos talentos que surgirão nesta edição, além de fortalecer a cultura, formar público e consagrar os artistas da nossa terra”.

A exposição dos artistas selecionados seguirá aberta para visitação até dia 11 de dezembro, de terça a sexta-feira, das 10h às 18h, e aos sábados, das 14h às 20h.

Autorretrato - Ruth Albernaz - curadora e Programa Educativo — Foto: Reprodução

Autorretrato - Ruth Albernaz - curadora e Programa Educativo — Foto: Reprodução

Fotografias

A terceira mostra presencial do 26º Salão Jovem Arte é composta pelas obras selecionadas da categoria Fotografia, cuja abertura será nesta sexta-feira (8), às 19h, na Galeria de Artes Visuais do Sesc Arsenal.

Além das fotografias selecionadas, serão expostas as obras do artista homenageado em vida Rai Reis, renomado fotógrafo de Mato Grosso que registrou, além das belezas naturais do Estado, a arte pulsante e muitas obras dos artistas homenageados em memória.

Haverá também o lançamento do livro “Cáceres: Passado e presente de uma geografia poética”, de autoria do fotógrafo homenageado. A editoração é da Carlini & Caniato.

Após a abertura, a exposição segue aberta até dia 10 de dezembro, sempre de terça a sábado, das 14h às 21h e aos domingos, das 14h às 20h.

Programa Educativo

Pela primeira vez, o Salão Jovem Arte promoverá um programa educativo voltado para professores e interessados em geral. Intitulado “Modos de Ver”, o objetivo é formar novas plateias para as artes visuais. As inscrições serão na próxima semana, pelo site www.discosimaginais.com.

A metodologia adotada pelos arte-educadores Caio Ribeiro e Ruth Albernaz é a de formação teórica e mediação da prática, reunindo professores para prepará-los para o ensino de arte a alunos do ensino médio. O programa inclui ainda um material de apoio físico e digital com textos de artistas convidadas.

As atividades do Programa Educativo (oficinas e bate-papos) ocorrerão entre 22 e 24 de outubro e, por medidas de prevenção à covid-19, serão realizadas por lives transmitidas nas redes sociais.

Catálogo

Ainda será distribuído gratuitamente um catálogo completo, com toda a ficha técnica do 26º Salão Jovem Arte, com informações das mostras e o registro dos artistas e das obras expostas. Haverá a opção impressa e a on-line, pelo site oficial do evento.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/447214/visualizar/