Repórter News - www.reporternews.com.br
Agronegócios
Domingo - 07 de Novembro de 2021 às 10:39
Por: Eduardo Gomes/Diário de Cuiabá

    Imprimir


Expansão da soja ocorreu principalmente no Cerrado,
Expansão da soja ocorreu principalmente no Cerrado,

A área plantada com soja e milho no Brasil triplicou entre 1985 e 2020, segundo levantamento do projeto MapBiomas, coordenado pela rede de entidades da sociedade civil Observatório do Clima. A expansão ocorreu principalmente no Cerrado, e, hoje, as lavouras dos dois principais grãos cultivados no país ocupam espaço maior que o território da Itália.

Nas lavouras perenes, como café e citros, o aumento de área foi de 2,7 vezes nesse período, de acordo com o levantamento, feito por meio da análise de imagens de satélite; a área da silvicultura, por sua vez, quintuplicou. De 1985 a 2020, a área ocupada pela agricultura no Brasil passou de 19 milhões de hectares para 55 milhões.

Desse total, 36 milhões de hectares são para o cultivo de soja. A oleaginosa, carro-chefe do agronegócio brasileiro, ocupa 4,3% do território nacional, área maior que a de países como Itália, Vietnã e Malásia, segundo comparação feita pelo MapBiomas. Metade da área destinada à soja está no Cerrado, bioma onde o cultivo avançou sobre 16,8 milhões de de hectares nos últimos 35 anos.

Na Amazônia, a área de soja começou a crescer ocorreu a partir do início dos anos 2000, chegando no ano passado a 5,2 milhões de hectares, ou 14% do total nacional, de acordo com o mapeamento. "O recente avanço sobre vegetação nativa pode ser observado no lavrado, área com características de Cerrado que existe dentro do bioma no Estado de Roraima", diz o MapBiomas. Outros 26% das lavouras de soja do país ficam na Mata Atlântica. No bioma, a área ocupada pela cultura ficou 7,9 milhões de hectares maior entre 1985 a 2020. No Cerrado, a área de agricultura cresceu 464% nesse intervalo de 35 anos. O aumento na Mata Atlântica foi de 34%, e Amazônia e Pampa tiveram aumento de 11%.

Na região do Matopiba (confluência entre os Estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), o avanço da agricultura sobre vegetação nativa foi mais intenso entre 2000 e 2020 - nesses Estados, 76% da expansão das áreas de cultivo se deu sobre vegetação nativa. Nos demais Estados do Cerrado, o aumento nesse mesmo período foi de menos de 10%.

"De forma geral, o que se percebe em todos os biomas é que não há necessidade de converter vegetação natural em áreas lavráveis porque já há muita terra aberta com aptidão agrícola, e o Cerrado não é exceção", afirma Moisés Salgado, coordenador técnico do MapBiomas e coordenador de tecnologia na Agrosatélite, em nota. "Com exceção da Amazônia e da Mata Atlântica, os demais biomas têm poucas unidades de conservação demarcadas, o que dificulta o trabalho de recuperação das paisagens. Isso reforça a necessidade de conservação das áreas de vegetação nativas restantes, especialmente do Cerrado, que já perdeu metade de sua cobertura original", acrescenta.

O levantamento também identificou o crescimento da área irrigada no país: o aumento foi de 293%, saindo de 819 mil hectares em 1985 para 3,2 milhões no ano passado. O uso de pivôs centrais, que respondia por apenas 8,5% do total de área irrigada em 1985, passou a representar 45,7% em 2020.

Nesse intervalo, a superfície de água ficou 3,1 milhões de hectares menor no país, segundo o MapBiomas. "A tendência é de diminuição da água no Brasil. Por isso, o uso mais conservador da água na agricultura é fundamental para o sucesso futuro da atividade", completa Salgado.

A área de cana-de-açúcar cresceu 291%, chegando a 9 milhões de hectares em 2020. No caso do café, a expansão foi de 43%, alcançando 804 mil hectares no ano passado. Os citros, por sua vez, hoje ocupam 31 mil hectares em São Paulo.

A área da silvicultura cresceu cinco vezes, passando de 1,4 milhões de hectares para 7,5 milhões de hectares em 2020. O aumento ocorreu principalmente em Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/448059/visualizar/