Repórter News - www.reporternews.com.br
Esportes
Sexta - 20 de Abril de 2012 às 15:00

    Imprimir


Onze dias após ser convidada pelo presidente da CBF, José Maria Marin, a mandatária do Flamengo, Patricia Amorim, rejeitou chefiar a delegação feminina de futebol nos Jogos Olímpicos de Londres, entre julho e agosto.

Segundo comunicado publicado na tarde desta sexta-feira pelo clube carioca, "embora tenha ficado sensibilizada com o convite e reconheça a importância da competição, Patricia tem o Flamengo como prioridade, não podendo, assim, ficar afastada da presidência por um período de 30 dias". A delegação masculina será chefiada pelo presidente da federação catarinense de futebol, Delfim Peixoto.

A nota rubro-negra ainda diz que o Flamengo "continuará de portas abertas ajudando a CBF e suas seleções no que for necessário".

  Marcelo Sayão - 9.abr.12/Efe  
A presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, em evento da CBF
A presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, em evento da CBF

Desde o último dia 9, quando Marin fez a proposta para Patrícia, ela já dava sinais de que poderia tomar essa atitude, ao destacar desde lá que a prioridade era o Flamengo.

Em seguida, porém, a cartola chegou a avisar informalmente dentro da diretoria flamenguista que aceitaria o convite.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/53859/visualizar/