Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Cidades/Geral
Segunda - 16 de Maio de 2005 às 13:00
Por: Olga Bardawil

    Imprimir


Fortaleza - Com o batuque da banda de latas, formada por crianças e adolescentes da perifeira de Fortaleza, começou agora de manhã, na Assembléia Legislativa do Ceará, a mobilização nacional de enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes. A apresentação dos jovens do projeto Curumim antecedeu a assinatura do pacto legislativo em defesa dos menores.

Para o secretário nacional de assistência social do Ministério do Desenvolvimento Social , Oswaldo Russo, a vilolência sexual só pode ser enfrentada de fato com a união dos esforços da sociedade e dos três níveis de governo. "Com a violência sexual pode haver um comprometimento do desenvolvimento da criança. Temos de agir com rapidez para evitar que haja a violência, mas em havendo, precisamos dar um atendimento de saúde, psicológico e assistencial em todos os níveis, para resgatar essa criança", disse.

No Ceará, o programa Sentinela, que atende essas crianças e adolescentes, está implantado em 11 municípios, e atende 610 vítimas de violência suxual. O custo anual é de R$ 700 mil. À tarde será inaugurado um centro de referência do projeto Sentinela.





Fonte: Agência Brasil

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.reporternews.com.br/noticia/339686/visualizar/