Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Noticias da TV
Sábado - 11 de Dezembro de 2004 às 07:41

    Imprimir


Desde o fim da parceria de trabalho com Marlene Mattos, em 2002, a apresentadora Xuxa Meneghel garante que pensa e fala por si mesma.

"Não sou uma pessoa comum, mas sou normal. Sentia a necessidade de trocar energia com o meu público. Desci do pedestal, mas não quero deixar de ser a Rainha dos Baixinhos. As crianças são as minhas inspirações", disse, durante a pré-estréia do seu novo filme, Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida, realizada nesta sexta-feira no Shopping SP Market, em São Paulo.

Xuxa foi enfática ao afirmar que não vai desistir de fazer programas infantis, independentemente da atual crise de audiência que vive a atração No Mundo da Imaginação, que volta à grade da TV Globo em março com direção de Jorge Fernando.

"Escolhi falar a língua das crianças. Mas não é fácil. Vou trabalhar até quando elas quiserem. Ainda tenho muito que aprender. Vou sentir o momento de parar", disse.

No longa-metragem Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida, a apresentadora faz par romântico com o ator Marcos Pasquim. "Ele é um palhaço. Não dá para ficar séria ao lado dele. Beijei um cinzeiro no ensaio da cena do beijo. Depois de algumas balas, beijei o ator. Foi muito divertido trabalhar com ele. Trabalhei com pessoas que gostam de mim", disse.

Pasquim retribuiu o carinho. "A gente se divertiu muito durante a filmagem. Meu trabalho tem que ter diversão. É assim que eu levo a minha vida", falou.

O entrosamento foi tanto que os dois voltam a trabalhar juntos ainda este ano. "Vamos gravar o especial de fim de ano da TV Globo. Pasquim vai fazer dois personagens", contou Xuxa.

Com direção de Moacyr Góes, Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida estréia em circuito nacional no dia 17 de dezembro. Em 2005, Xuxa quer lançar uma comédia. "Quero fazer filme blockbuster a vida toda."





Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.reporternews.com.br/noticia/365200/visualizar/