Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Polícia Brasil
Sábado - 16 de Maio de 2015 às 07:49

    Imprimir


Um crime bárbaro chocou a população de quase 60 mil habitantes de Breu Branco, no Pará.


Rafael da Silva Ribeiro, de 27 anos, foi preso suspeito de matar duas mulheres, esquartejá-las e guardar parte dos restos mortais, como o coração, no congelador

Rafael foi preso no sábado (9) suspeito de matar e esquartejar Joana Cristina da Silva Soares, de 48 anos, que era sua mulher, e a doméstica Maria Zélia Ribeiro dos Santos, de 46 anos.

Os corpos foram encontrados no quintal do suspeito, que confessou o crime

O caso ganhou contornos ainda mais bizarros quando a polícia encontrou partes do corpo, incluindo o coração de uma das vítimas, dentro do congelador de Ribeiro

O coração estava ao lado de outros pedaços de corpos congelados e de uma garrafa plástica com dois litros de sangue

Em depoimento, o criminoso afirmou que as guardava a parte das vítimas apenas como “lembrança”

No terreno do assassino confesso foram encontrados os restos mortais das duas mulheres.

Na casa de Rafael foram também foram encontradas uma pá, um cavador, uma enxada, lençol sujo de sangue, além de marcas de sangue também no colchão.

A polícia chegou até o suspeito quando o irmão de Maria Zélia foi à delegacia informar o desaparecimento da irmã.

Seguindo os passos da vítima, chegaram a um bar onde a mulher havia sido vista pela última vez na companhia de um homem, com quem, depois, teria pegado moto-táxi.

O delegado que investiga o caso, Rommel Souza, afirma que há denúncias contra o criminoso em outras cidades e Estados, como Rio Grande do Norte, Goiás e municípios de Tucuruí, Altamira e Redenção, no Pará. 





Fonte: R7

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.reporternews.com.br/noticia/413121/visualizar/