Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Politica MT
Quinta - 16 de Setembro de 2021 às 17:26
Por: Airton Marques/Olhar Direto

    Imprimir


Gustavo Duarte

iante do recuo do Ministério da Saúde, a prefeitura de Várzea Grande decidiu vacinar os quase 500 adolescentes (12 a 17 anos) que já haviam realizado cadastro e estavam com agendamento marcado para esta quinta-feira (16), quando o atendimento a este grupo teve início. Aqueles com agendamento para amanhã (17), a equipe responsável pela campanha de imunização contra a Covid-19 ainda avalia se irá seguir a recomendação do governo federal e suspender a aplicação da primeira dose da Pfizer.

Ainda de acordo com a assessoria da prefeitura, o município vai suspender a vacinação dos adolescentes que ainda não tiveram agendamento realizado. Em relação a segunda dose, o município diz que seguira o ministério, não aplicando nos adolescentes que não tiverem comorbidade.



Em Mato Grosso ao menos cinco cidades anunciaram a suspensão da vacinação. Além de Várzea Grande, Jaciara, Dom Aquino, Barra do Garças, Campos Verde e Poxoréu.



Na Capital, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que ainda não havia aberto cadastro para este grupo, já que aguardava o recebimento de doses por parte do Ministério da Saúde. Por meio de nota, reforçou que seguirá os critérios definidos pelo órgão ministerial, que divulgou que apenas adolescentes com comorbidades, deficiência permanente e os privados de liberdade deverão ser imunizados com a vacina da Pfizer.



A Secretaria Estadual de Saúde também se manifestou sobre a nova decisão do ministério. Disse que não pactuou, até o momento, doses para menores de 18 anos. Ressaltou que segue estritamente as recomendações do Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde, e aguarda novo direcionamento sobre este público.



Adolescentes vacinados



Em Mato Grosso, ao menos 9.157 adolescentes já foram vacinados contra a Covid-19 sem a autorização do PNI, que previa a aplicação apenas entre os prioritários desta faixa etária (12 a 17 anos) a partir de 15 de setembro. Os dados são do Ministério da Saúde, que nesta quinta-feira (16) restringiu a vacinação de adolescentes apenas aos grupos prioritários (deficiência permanente, comorbidades e privados de liberdade).



Além da aplicação antecipada, muitos municípios aplicaram doses de todas as outras vacinas além da Pfizer (única que tinha autorização para aplicação). Do total, 8.774 receberam a Pfizer, 214 a Coronavac, 151 a AstraZeneca e 18 a Janssen.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.reporternews.com.br/noticia/446586/visualizar/