Repórter News - www.reporternews.com.br
MT Eleições 2014
Quinta - 16 de Setembro de 2010 às 08:38
Por: Amanda Alves

    Imprimir


Em Mato Grosso, 6.774 mil eleitores indígenas farão parte de um grande esquema de votação, com direito a helicóptero, aviões, transportes terrestres e marítimos para levar urnas aos locais mais isolados. Dois candidatos tiveram registros deferidos. Apesar de nem todos terem a obrigatoriedade do voto, o direito de escolher quem ocupará cargos públicos serão importantes para as decisões sociais, será garantido. O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE) e Funai (Fundação Nacional do Índio) dividiram as áreas ocupadas por 26 mil índios em todo o Estado em 26 zonas eleitorais.

A área mais isolada é do Alto Xingu, em que não há estradas de acesso e as urnas terão que ser levadas por transporte aéreo, diz o coordenador da regional de Cuiabá da Funai, Benedito Cesar Garcia Araújo. Já o maior colégio eleitoral indígena é da etnia Xavante, a que mais tem população de Mato Grosso - 15.500. "A área de Parecis dá para ir de carro, o mais difícil mesmo será o Xingu", conta Benedito.

Apesar da possibilidade do transporte terrestre, a distância média entre a área indígena e a zona eleitoral de votação é de 250 quilômetros, segundo o coordenador técnico da Funai, Carlos Marcio Vieira Barros. "Muitos índios da área de Parecis vão para Tangará da Serra votar e terão que depender de transporte e comida cedida pelos órgãos públicos." Esta semana, a Funai de Mato Grosso solicitou R$ 12 mil para custear a alimentação somente das 52 aldeias localizadas na região. Sobre a exigência do título mais documento com foto no dia da eleição, a Funai disse que já solicitou, mas prevê que muitos passaram pela inconveniência de voltarem para a aldeia sem votar. "Atualmente, 90% dos índios têm os documentos".

O candidato a deputado estadual, Milton Jorge Turi Rondon (PSDC), espera conseguir muitos dos votos com os indígenas. O professor de línguas tribais acredita que somente por meio de candidatos indígenas será possível fazer melhorias na saúde.





Fonte: A Gazeta

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.reporternews.com.br/noticia/115338/visualizar/