Repórter News - www.reporternews.com.br
MT Eleições 2014
Domingo - 19 de Setembro de 2010 às 00:23
Por: Patrícia Sanches

    Imprimir


Antero Paes de Barros (PSDB) aproveitou o único debate televisivo entre os sete candidatos ao Senado para “alfinetar” o seu adversário político  Carlos Abicalil (PT), que não compareceu ao local. Os dois, conforme as pesquisas de intenção de votos, disputam a segunda cadeira de senador, já que Blairo Maggi (PR) segue como favorito à primeira cadeira. Durante vários momentos do debate o tucano fez questão de lembrar a ausência do petista que, segundo ele, “fugiu” por ter dificuldades para falar sobre algumas de suas posições em determinados assuntos.

Durante o embate com os demais candidatos, o tucano aproveitou para perguntar a seu colega de coligação Jorge Yanai (DEM) a sua opinião sobre o aborto. O democrata afirmou ser totalmente contra e o tucano aproveitou a brecha. “Está aí o motivo por que Abicalil não está aqui. Ele inventou a desculpa de que estava no interior porque não consegue explicar os motivos que o levaram a assinar um recurso para reabrir a discussão do aborto no Congresso”, alfinetou Antero.

Instantes antes, o ex-senador afirmou que Abicalil possui dificuldades para falar sobre alguns de seus posicionamentos. “Se ele é a favor do aborto, tem que dizer e não ficar fazendo escapismo, ocultando posições”. Depois completou dizendo que deste modo vai ganhar os votos das pessoas que defendem o aborto, mas que ele é contra e quer conquistar os eleitores que são a favor da vida. “Quem é a favor vota nele e contra em mim ou em outro candidato que também rejeita o aborto”, pontuou.

Apesar do tucano ter concentrado suas alfinetadas no petista, também protagonizou alguns embates com o ex-procurador da República Pedro Taques (PDT). Em determinado momento, o tucano perguntou sobre a importância das hidrovias para o Estado. Logo em seguida, ele lembrou que o ex-procurador foi contra a hidrovia Paraguai-Paraná. O pedetista contrapôs afirmando que não tem nada contra a obra, mas sim contra algumas ilegalidades que havim na época.

Confira no vídeo abaixo trecho do debate:

 
 





Fonte: RD News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/114952/visualizar/