Repórter News - www.reporternews.com.br
Policia MT
Quarta - 24 de Fevereiro de 2010 às 09:43
Por: Luciene Oliveira

    Imprimir


Uma fábrica de produção de CDs e DVDs pirateados foi descoberta pela Polícia Judiciária Civil, na Região da Vila Operária, do município de Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá). Mais de 10 mil peças dos produtos já gravados foram apreendidas, além de computadores e uma torre com dez gravadores, um sobre o outro, para cópias simultâneas. A ação foi executada pela equipe Divisão de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri) do Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) do município, na tarde de terça-feira (23.02).

Quatro pessoas foram presas em uma residência anexa a uma loja de venda de roupas. Ronycleuson Valério de Souza, 30, e sua mãe Maria Esmeralda Valéria, 51, foram autuadas quando saiam em um veículo Fiat Uno, com uma mala contento vários dos produtos, que provavelmente seriam distribuídos em Cuiabá.

Em seguida, José Cícero de Souza, 48, e Emerson Nogueira de Amorim, 37, foram detidos com documentos de várias empresas com endereços de Cuiabá, suspeitas de serem “fantasmas” e utilizadas para fraudes comerciais e bancárias. Propostas de financiamentos bancários foram encontradas em nome das empresas que trazem como sócios José Cícero e Emerson Nogueira. Este último é companheiro de Maria Esmeralda, dona da loja usada como disfarce.

Conforme o delegado Claudinei Lopes, as investigações apuraram que o bando fazia a distribuição para vendedores que atuam na feira da Vila Operária e também, enviava para Cuiabá. O transporte do material ficava a cargo de José Cícero e Emerso.

Todos foram autuados por crimes de violação de direito autoral, reprodução total ou parcial, com intuito de lucro e formação de quadrilha. Ele foram encaminhados à Cadeia Pública local.

As investigações iniciaram após duas prisões realizadas no bairro Jardim Gramado, no dia 10 de fevereiro, onde Edvaldo da Costa foi detido com 359 DVDs e 113 CDs e Edson Blaudt, com 558 DVDs e 270 CDs. A equipe do Depatri continuou o trabalho investigatório para descobrir o ponto de distribuição dos produtos falsificados.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/141919/visualizar/