Repórter News - www.reporternews.com.br
Policia MT
Terça - 23 de Fevereiro de 2010 às 02:02
Por: Caroline Rodrigues

    Imprimir


Menina de 4 anos é capturada na frente de casa e violentada
Menina de 4 anos é capturada na frente de casa e violentada

Uma menina de 4 anos foi estuprada após ser raptada na frente da casa dos pais no bairro Pedra 90, em Cuiabá. T.S.L passou por exame de corpo delito no final da tarde de ontem e o laudo confirmou o abuso sexual. Ela foi encontrada, depois do crime, por funcionários de uma empresa no Distrito Industrial, na Capital. Os trabalhadores chamaram a Polícia depois que viram a criança correndo na rua com as roupas sujas de sangue.

O desaparecimento foi informado pela família por volta das 11h de segunda-feira (22). No Boletim de Ocorrência eles informaram que um homem passou na rua, enquanto ela brincava com as amigas e também a irmã mais velha, de 8 anos. Ele dirigia um carro preto com os vidros escuros e puxou a vítima para dentro do veículo. Como a menina é franzina em comparação as outras de mesma idade, o criminoso teve mais facilidade em imobilizá-la.

Na ocasião havia 3 pessoas, além das crianças, na rua. Elas estavam longe do local e conseguiram observar detalhes do carro e do condutor.

Cinco horas depois do registro da ocorrência, a criança foi encontrada no Distrito Industrial. A vítima estava em estado de choque e não entendia a gravidade do que aconteceu. Pessoas que trabalham em uma empresa nas proximidades prestaram socorro e acionaram a Polícia.

Ela falou para os policiais que o homem pegou ela da frente de casa e a levou para um terreno baldio, perto de onde foi encontrada. No local, ele estuprou a menina e fugiu. A blusa da menina estava rasgada e a saia com manchas de sangue.

A única descrição, que tinha até o momento em que foi encontrada, é que o criminoso dirigia um carro de cor e vidros escuros, com aplicação de insulfilme. A vítima sabia informar poucos detalhes da fisionomia do agressor, devido a pouca idade.

Um veículo, que atendia as características, foi abordado pela Polícia Militar (PM) na Rodovia Palmiro Paes de Barros, MT-040, em direção a cidade de Santo Antônio do Leverger (34km ao sul da Capital). O suspeito foi preso 40 minutos depois da menina ser encontrada.

A Polícia encaminhou o acusado para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) do Coxipó, onde estavam as testemunhas.

Ao chegar no local, S.B.S foi reconhecido como o motorista que raptou a criança pela irmã da vítima e uma vizinha da família. T.S.L também reconheceu o acusado como sendo responsável pela violência que sofreu.

O suspeito negou ter violentado a criança e não confirmou nenhuma das acusações. Conforme a Polícia Militar (PM), ele não tem passagem pela Polícia.

O caso é investigado pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescentes (Deddica). A responsável pelo caso é a delegada Mara Rúbia de Carvalho, que acompanhou a vítima nos exames no Instituto Médico Legal (IML) e também no atendimento médico, realizado no Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM). Até o final da edição, às 8h40, ainda não havia confirmação se o suspeito seria autuado em flagrante na Polícia Civil.





Fonte: A Gazeta

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/142083/visualizar/