Repórter News - www.reporternews.com.br
Politica MT
Terça - 02 de Fevereiro de 2010 às 09:04
Por: Adriana Nascimento

    Imprimir


Fernando Ordakowski
Secretária e primeira-dama Terezinha Maggi, a ex-deputada Teté Bezerra e a senadora Serys Marli.
Secretária e primeira-dama Terezinha Maggi, a ex-deputada Teté Bezerra e a senadora Serys Marli.

A senadora e pré-candidata do PT à reeleição Serys Marly "roubou" a cena na solenidade do governo estadual para entrega de máquinas pesadas aos municípios, dentro do programa "MT 100% Equipado". Ela "alfinetou" o colega e presidente regional da legenda petista, deputada federal Carlos Abicalil, com quem disputa internamente o direito à candidatura ao Senado e, em discurso para os 141 prefeitos presentes, lembrou ser a primeira mulher mato-grossense a conquistar cadeira no Congresso Nacional. Depois, saudou a primeira-dama e secretária de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social, Terezinha Maggi, e a ex-deputada federal Teté Bezerra (PMDB). Afirmou ser são poucas as mulheres na política e, numa referência a elas e a si próprio, disse que são "superpoderosas” e guerreiras e que precisam lutar para garantir espaço do cenário político.

A lembrança de que o número de mulheres em cargo eletivo tem caído vem num momento crítico da carreira da própria Serys. Ex-deputada por dois mandatos, ela trava uma batalha interna com Abicalil pela recandidatura, mas, pelas pesquisas de intenção de voto, a chance de reeleição hoje é remota. Serys insiste. Argumenta que tem feito bom trabalho não só para as mulheres, mas também pela qualidade de vida dos homens. Defende que haja paridade feminina na disputa. Assim como já alegou outras vezes, voltou a afirmar que se não for candidata à reeleição, não disputa outro cargo eletivo neste ano.

Enquanto Serys reclama e corre atrás dos colegas de partido perdidos, Abicalil mantém a discrição e articulou junto a todos os que encontrou circulando pelo Palácio Paiaguás nesta segunda já com sorriso de candidato no rosto. Junto a ele estavam seus declarados apoiadores, o deputado estadual até o fim de março, Alexandre Cesar, e o secretário de Estado de Educação Ságuas Moraes, que volta a assumir cadeira na Assembleia.

Serys, que já fez oposição dura ao governo Blairo Maggi, inclusive o enfrentou nas urnas em 2006, afirmou que a aquisição das 705 máquinas, com investimentos de quase R$ 250 milhões, é uma boa forma de fortalecimento das políticas públicas nas cidades. “É daqui (do Estado) que o prefeito consigue recursos para arrumar as estradas quando a chuva vem e já é tempo de chuva de novo. Dessa forma a ajuda do governo com as máquinas vai agilizar muito esse trabalho”, afirmou a petista. Também puxou a “sardinha para a brasa” do PT e lembrou que, com melhores estradas, os prefeitos vão poder comprar até 100% da produção dos agricultores familiares para a merenda escolar. “Com estas boas vias de escoamento, apesar do governo federal ter sancionado que o mínimo da compra da produção pode ser de no mínimo 30%, com melhor fluxo isso pode chegar a 100% e os recursos podem ficar na cidade”, salientou a parlamentar.





Fonte: RD News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/143991/visualizar/