Repórter News - www.reporternews.com.br
Politica MT
Terça - 02 de Fevereiro de 2010 às 00:51
Por: Marcos Lemos

    Imprimir


Ednilson Aguiar
Evento serviu para marcar saída de Blairo do governo
Evento serviu para marcar saída de Blairo do governo

Três solenidades marcaram a entrega de 705 equipamentos rodoviários para os 141 municípios de Mato Grosso, num investimentos da ordem de R$ 250 milhões contratados junto ao Banco do Brasil e que será quitado nos próximos 20 anos. A segunda-feira foi marcada pela festa na sede do governo do Estado. O evento que praticamente marcou a despedida do governador Blairo Maggi, acabou se tornando um movimento político eleitoral com manifestações expressas pela eleição do vice-governador e pré-candidato da coligação PMDB, PT e PR, Silval Barbosa e do próprio Maggi, candidato a uma das duas vagas para o Senado em 2010.

"Tenho que reconhecer que ele está cumprindo um acordo selado conosco", disse o ferrenho opositor, mas agora tranquilo prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio (PMDB), que aproveitou para reclamar que deveriam ser cinco equipamentos, mas o contrato era de apenas quatro, no que o governador Blairo Maggi concordou e mandou retificar entregando as cinco máquinas para o gestor que, apesar de pertencer a um partido da base, é (ou era) crítico ácido do governo e deverá caminhar nas eleições com o prefeito da capital, o tucano Wilson Santos, outro crítico, mas que compareceu as solenidades e inclusive tirou fotos oficiais com o governador.

Blairo Maggi passou a manhã de ontem recebendo as comitivas que assinavam os contratos de comodato e depois subiam ao gabinete para tirarem fotos. Prefeitos que vinham acompanhados de vereadores ainda tiveram a presença de deputados estaduais e federais tentando pegar um beirada no sucesso político e eleitoral que as máquinas e caminhões terão no interior do Estado. "Estes equipamentos terão muito mais do que o reconhecimento da sociedade nos municípios", disse o satisfeito presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) e prefeito de Jauru, Pedro Ferreira.

Elogios - Em suas palavras, Maggi enalteceu o trabalho fiscal da Secretaria de Fazenda e da equipe do secretário Eder Moraes, lembrando que desde 2003 Mato Grosso já havia pago mais de R$ 5 bilhões em dívidas de governos anteriores e somente agora pode fazer um empréstimo de R$ 250 milhões para garantir máquinas que vão permitir a trafegabilidade de todos os 22 mil quilômetros de estradas vicinais de Mato Grosso. "Este é o resultado da arrecadação de impostos, ou seja, benefício para a sociedade, para o Estado e para os municípios", disse o governador.

Já o vice, Silval Barbosa (PMDB) que assume em definitivo o governo a partir de abril, disse que não faltará apoio do Estado para que os municípios tenham condições de abastecer as máquinas com óleo diesel para que as mesmas tenham um trabalho constante de recuperação das rodovias estaduais e municipais. "O próximo governo será o de continuidade das grandes ações que integram nosso Estado e levam qualidade de vida para todos e não faltará apoio para quem quiser trabalhar", disse Silval.

Veja a galeria de fotos completa no http://secommt.achanoticias.com.br/ng2/galeria.php?cid=57652





Fonte: A Gazeta

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/144014/visualizar/