Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Policia MT
Terça - 19 de Janeiro de 2010 às 04:41
Por: Francis Amorim

    Imprimir


A Polícia Federal apreendeu ontem, em Barra do Garças, um total de 53 quilos de pasta-base cocaína e 15 quilos de cocaína pura. A droga estava escondida no fundo falso de um caminhão boiadeiro que, segundo a PF, deslocava-se de Mirassol D’ Oeste com destino a Brasília. O motorista Clécio Rodrigues, 32, tinha sido contratado para o transporte do produto. O motorista está preso na carceragem da Delegacia da PF. O caminhão também está apreendido.

A apreensão da droga aconteceu numa barreira montada pela PF na BR-070, entre Barra do Garças e Primavera do Leste. Com informações do Serviço de Inteligência da PF, os policiais designados para o flagrante não tiveram trabalho para localizar os 68 quilos.

“São 53 quilos de pasta-base cocaína e 15 de cloridrato, a cocaína já refinada com alto grau de pureza e pronta para o consumo. O motorista não revelou quem era o proprietário, relatando apenas que tinha sido contratado para transportá-la”, disse o delegado Éder Magalhães. Ele informou que os traficantes camuflaram os 68 quilos em um compartimento falso construído entre o banco e a caixa de ferramentas.

Para não despertar interesse e servir de incentivo, a Polícia Federal não informou o valor da droga, porém, há informações, devido ao cloridrato, que o produto esteja avaliado em mais de R$ 1 milhão. O destino do cloridrato costuma ser os países da Europa e da América do Norte.

O motorista Clécio Rodrigues não tinha passagem pela polícia, mas o que chamou atenção foram os 15 quilos de cloridrato de cocaína. “O cloridrato é a cocaína com alto teor de pureza e com preço de mercado três vezes maior do que o da pasta-base de cocaína”, revelou o delegado.

Em setembro do ano passado, a PF prendeu, na BR-070, Odair José de Moraes, 31, e Neuraci Pereira da Silva, 52, também da cidade de Mirassol D’ Oeste. Eles transportavam 105 quilos avaliada em R$ 1, 575 milhão, cujo destino seria Brasília.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/145580/visualizar/