Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Politica Brasil
Terça - 26 de Maio de 2009 às 09:34
Por: Romilson Dourado

    Imprimir


O governador Blairo Maggi vai encerrar o seu mandato em dezembro deste ano, faltando 12 meses para o prazo final, com uma viagem de Cuiabá a Juína no volante do Toyota Camry 001, carro oficial do chefe do Executivo Estadual. Ele planeja percorrer os quase 800 km até a região Noroeste em um dia. Todo o percurso está asfaltado. O Estado restuarou vários trechos.

Já em tom de despedida do comando do Estado, Maggi explica aos aliados que a viagem em "carro baixo" até Juína foi uma promessa feita durante uma das expedições Estradeiro, quando ficou atolado. Naquele momento, em discurso, ele garantiu que antes de concluir o mandato iria percorrer todo o trecho, que seria asfaltado e/ou restaurado de ponta-a-ponta. Assim, o governador e comitiva partirão da BR-163, de Cuiabá, passando por Jangada e Barra do Bugres, e entrarão na rodovia estadual, seguindo por Tangará da Serra, Campo Novo do Parecis, Bransnorte e, por fim, Juína.

No controle de um orçamento de R$ 7,7 bilhões, Blairo Maggi autorizou antecipação de várias frentes de trabalho para acelerar a conclusão das obras. O projeto sobre a pavimentação do trecho da MT-170, de Juara até o entroncamento de Juína, por exemplo, foi antecipado para ser inaugurado nos próximos dias. Outro percurso de 370 km da mesma rodovia, ligando Campo Novo do Parecis a Juína, cujas obras começaram há três anos, agora ganhou reforço de empreiteiras para ser finalizado este ano e não mais em 2010, quando o Estado já estará sob o hoje vice-governador Silval Barbosa (PMDB), pré-candidato ao Paiaguás.

Maggi determinou a entrada em ação de mais duas empreiteiras para concluir, dentro de 100 dias, a pavimentação asfáltica de 115 km da rodovia que leva Campo Novo do Parecis a Sapezal, município fundado por sua família na década de 1980. Também quer inaugurar este ano os 35 km da MT-235, entre Campo Novo e Nova Mutum. Na semana passada, em visita a municípios da região Noroeste, o governador fez vários discursos, todos com enfoque de despedida. Apresentou balanço de sua administração, que teve início em janeiro de 2003. Enfatizou, por exemplo, que até 2002 o Estado tinha 1.940 km de asfalto em MTs e que somente sua gestão pacimentou 3 mil km. Segundo Maggi, esses números representam mais que o dobro de asfalto feito em sete anos de administração se comparado a todos os governos anteriores.





Fonte: RD News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/159337/visualizar/