Repórter News - www.reporternews.com.br
Esportes
Sexta - 22 de Maio de 2009 às 00:02

    Imprimir


Os clubes brasileiros nem entraram em campo nesta semana, mas têm o que comemorar. Sempre considerado favorito e dono de seis títulos da Libertadores, o Boca Juniors foi eliminado nas oitavas de final da competição nesta quinta-feira.

Mais surpreendente ainda, o time argentino perdeu por 1 a 0 em casa, na Bombonera, para o Defensor. O primeiro jogo, em Montevidéu, terminou 2 a 2, o que dava à equipe portenha o direito de empatar por 0 a 0 ou 1 a 1 para se classificar. Os uruguaios agora vão enfrentar o Estudiantes De La Plata nas quartas de final.

Defensor resiste à pressão inicial

Apesar de entrar em campo em vantagem, o Boca Juniors começou o jogo no ataque. O goleiro Martin Silva foi o grande nome do time uruguaio no início da partida, com grandes defesas.

Após resistir à pressão, o time uruguaio abriu o placar. Aos 27 minutos, Diego de Souza recebeu passe na área e chutou forte, vencendo Abbondanzieri. O Boca ainda teve uma oportunidade de empatar antes do intervalo. Riquelme cruzou, na área, e Palermo, de cabeça, deu um susto em Martin Silva.

Assim como na primeira etapa, o time argentino começou o período final no ataque. Mas a primeira grande chance foi de Diego de Souza. Ele recebeu com liberdade na área, mas isolou a bola.

Aos 21 minutos, o Boca Juniors teve o seu primeiro grande momento no segundo tempo. Riquelme, que voltou após ficar 40 dias parado, chutou, de fora da área e obrigou Martin Silva a fazer boa defesa. Dez minutos depois, o atacante Palermo caiu na área mas o árbitro brasileiro Sálvio Spinola mandou o jogo seguir.

Com muitos cruzamentos, o Boca Juniors pressionou nos minutos finais da partida. O último grande lance do time argentino aconteceu aos 42 minutos. Gaitan, de voleio, obrigou o goleiro Martin Silva a fazer mais uma grande defesa e selar a classificação. Em campo, Riquelme e Palermo se mostravam incrédulos. Nas arquibancadas, festa da pequena torcida do Defensor e muitas lágrimas no lado xeneize. Para piorar, a equipe está em 16º lugar no Clausura.

Na próxima semana, brasileiros estreiam nas quartas de final

Na próxima quarta-feira, os clubes brasileiros estrearão nas quartas de final. Cruzeiro e São Paulo jogam no Mineirão. O Grêmio enfrenta o Caracas na capital venezuelana, enquanto o Palmeiras recebe o Nacional, do Uruguai, no Palestra Itália.





Fonte: Globoesporte.com

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/159518/visualizar/