Repórter News - www.reporternews.com.br
Politica Brasil
Sábado - 18 de Abril de 2009 às 00:05

    Imprimir


O Tribunal Regional Eleitoral manteve a cassação e a inelegibilidade do ex-prefeito Jesuíno Gomes (PR) de Lambari D´Oeste (a 330 km de Cuiabá). Jesuíno teve seu registro cassado por abuso de poder político, econômico e de autoridade. A decisão do Pleno foi unânime e acompanhou o parecer do Ministério Público Eleitoral pela manutenção da sentença.

O ex-prefeito foi acusado pelo MP de abuso de poder graças à inauguração de uma quadra de esportes na comunidade São José do Pingador. A solenidade contou com uma "festança", com direito a churrasco e bebidas à vontade. Segundo o republicano, o evento não teve fins lucrativos.

O juiz-relator, Renato Vianna, contestou a declaração de Jesuíno e justificou seu voto dizendo que se não houvesse intenção eleitoral, "a inauguração poderia ter ocorrido de maneira singela, sem grandes alardes". De acordo com o Minstério Público, a região do Pingador possui 23,3% dos eleitores do município, ou seja, 983 votantes. Jesuíno Gomes que tentou a releição, perdeu nas urnas por 134 votos de diferença para sua adversária Maria Manea (PP). A progressista venceu com 1.696 votos. (Lisânia Ghisi)





Fonte: RD News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/161239/visualizar/