Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Esportes
Segunda - 06 de Abril de 2009 às 18:17

    Imprimir


A polícia inglesa anunciou nesta segunda-feira que o atacante Robinho, que foi acusado por uma mulher de 18 anos de abuso sexual em uma boate na cidade de Leeds, em janeiro, não será indiciado criminalmente pelo caso.

A polícia de West Yorkshire investigou a acusação, e a Promotoria britânica resolveu não levar o caso adiante após analisar os depoimentos.

Porta-voz de Robinho, Chris Nathaniel comentou a liberação. "Robinho se declarou inocente durante todo o caso, e estou feliz que não haverá nenhuma consequência", disse.

"Robinho é um homem de família, trabalhador, extremamente apaixonado por futebol. Ele quer agora concentrar sua atenção no Manchester City para ajudar sua equipe a ter um final de temporada de sucesso", comentou.

Segundo seu representante, Robinho vai se pronunciar sobre o caso nos próximos dias. "Enquanto isso, ele deseja mandar os seus sinceros agradecimentos para toda sua família, amigos, fãs e colegas do Manchester City, que o ajudaram durante esse caso terrível", concluiu.

Relembre o caso

Robinho foi levado a uma delegacia no dia 27 de janeiro para depor sobre as acusações de uma estudante de 18 anos, que o acusou de tê-la abusado sexualmente na boate Space, em Leeds, próximo a Manchester, na Inglaterra, no dia 14 de janeiro. O jogador negou veementemente as alegações da mulher.

Após a divulgação do caso, o Manchester City apoiou o jogador por meio de uma nota oficial. O clube também disse que estava colaborando com a polícia de West Yorkshire.

Quem também apoiou Robinho foi o técnico da seleção brasileira, Dunga, que disse acreditar na palavra do atleta --que, na época, estava convocado para um amistoso contra a Itália. Segundo a CBF, Robinho ligou para Dunga e disse ter sido "vítima da ação de uma pessoa oportunista".

Já o ex-craque do Santos e da seleção brasileira Pelé criticou Robinho na ocasião.

"Coisas como estas me deixam triste. Lutamos tanto para abrir as portas para as novas gerações, com tudo o que vocês sabem sobre a nossa conduta, que é triste ver um jogador expoente, que poderia dar exemplo, fazer isso não só com o futebol, mas com o próprio país", disse Pelé.

Em setembro do ano passado, Robinho se transferiu do Real Madrid (Espanha) para o Manchester City em uma transação de R$ 100,73 milhões, que faz dele o jogador mais caro do Reino Unido.

Com agências internacionais





Fonte: Folha Online

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/162072/visualizar/