Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Polícia Brasil
Terça - 27 de Janeiro de 2009 às 15:15
Por: Fabio Bonadeu

    Imprimir


O fato ocorreu na manhã de hoje, dia (27), no Jd. Alvorada no Novo Diamantino, se deu por volta das 7h20. Segundo o Cabo da Polícia Civil J. Carlos, a vítima Manuelino Soares dos Santos (49), contraiu uma dívida na Mercearia Ponto Certo, de propriedade do Sr. Gregório Jerônimo de Arruda (49), popularmente conhecido como "Goi", fato que teria motivado o crime.

Ainda segundo o policial, há alguns dias, Santos teria sido cobrado pelo comerciante e o mesmo ameaçou agredi-lo, fato que não ocorreu. Porém na manhã de hoje, Manuelino se encaminhou até a mercearia, onde novamente foi cobrado, fato que o levou a fazer novas ameaças. Segundo a funcionária da loja, Ednalva Benedito Reis (42), que presenciou o fato, a nova cobrança acabou gerando uma discussão. Durante o bate-boca, Santos jogou uma cadeira em direção ao dono do estabelecimento. Logo em seguida, Manuelino levou as mãos abaixo da camisa, na altura da cintura. Ednalva explique: "com o movimento, o Goi achou que Manuelino iria sacar uma arma para atirar". Sendo assim, o proprietário do estabelecimento sacou uma arma primeiro e atirou.

Mesmo feriu, Manuelino conseguiu caminhar por alguns metros na rua Curitiba (local do crime), caindo logo em seguida. O proprietário do estabelecimento fugiu, quando encontrado, o mesmo irá responder por homicídio. O Soldado William Santos, que também atendeu ao chamado, explique que o comerciante fugiu da cena do crime, portanto não existiu o flagrante. Moradores do bairro, observavam a cena chocados e sem acredita no que aconteceu.





Fonte: O Divisor

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/165623/visualizar/