Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Politica Brasil
Quarta - 08 de Outubro de 2008 às 14:53

    Imprimir


A análise do pleito eleitoral do último domingo (05/l0) é positiva de acordo com o deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB/Bloco Independente). A rigor, segundo o parlamentar, não aconteceram surpresas contundentes, demonstrando um relativo equilíbrio de forças entre os mais antigos e tradicionais partidos políticos envolvidos nas disputas nos municípios do Estado.

Esse comportamento, de certa forma, confirma as expectativas de intenção de voto levantadas pelos institutos de pesquisas divulgadas na última semana que antecedeu o prélio municipal com relação ao cargo de prefeito, já que, na maioria, os números apurados no embate majoritário nos dez principais redutos eleitorais não são largamente distanciados entre os dois candidatos mais votados.

Em números absolutos a maior diferença de sufrágios aconteceu em Cuiabá entre o candidato tucano, que busca a reeleição e obteve 141.327 votos e o postulante republicano que conseguiu 78.415 votos, perfazendo um quantitativo liquido de 62.912 votos. A menor diferença verificou-se em Alta Floresta onde a vencedora superou o adversário postado em segundo lugar por apenas 45 votos. Em Cáceres, a diferença entre vencedor e vencido foi somente de 522 votos.

Mesmo sendo significativa, a diferença verificada em Cuiabá não foi suficiente para impedir que a decisão definitiva da eleição na capital mato-grossense fosse levada para o segundo turno, evento que acontece no próximo dia 26 (domingo) do corrente mês.

Nos outros nove maiores colégios eleitorais, o balanço partidário “solteiro” de prefeituras conquistadas mostra equilíbrio entre o Partido Republicano (PR) que ganhou em quatro localidades, Várzea Grande, Tangará da Serra, Barra do Garças e Primavera do Leste, e o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), que venceu em Rondonópolis, Sinop e Sorriso. O PDT obteve apertadíssima vitória em Alta Floresta e o PP, com grande dificuldade, logrou êxito em Cáceres.

Para o segundo turno em Cuiabá, o parlamentar tucano acredita que, provavelmente, ocorrerá um novo realinhamento partidário visando à aglutinação com forças políticas e partidárias alijadas do processo sucessório no primeiro turno, já que a disputa do segundo turno promete ser dura e ferrenha, o que indica com que nenhuma agregação de apoio ou aliança será desprezada, principalmente quando há convergência de programa e propósitos administrativos.

“Quero expressar também meu reconhecimento e o meu aplauso ao trabalho da justiça eleitoral e das forças de segurança pelo esforço e equilíbrio com que conduziram a eleição em todo o Estado, superando dificuldades, mostrando e materializando através de seus integrantes elevado espírito público e consciência democrática”, ressalta Maluf.

Acreditando na recondução do candidato tucano a prefeitura de Cuiabá, tendo em vista a execução de uma gestão administrativa realizadora e em consonância com os anseios da população cuiabana, o parlamentar peessedebista reafirma sua crença na vitória, reforça sua disposição de luta e empenho para obtê-la, exaltando, ainda, o avanço do processo político e democrático.”É votando que todos nós aprendemos a escolher, soberanamente, os nossos representantes políticos, reafirmando, em cada voto, o insuperável desejo de consolidação da jovem democracia nacional e de melhorias para a população brasileira e, em particular, da gente mato-grossense”, finalizou Maluf.





Fonte: Assessoria/AL

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/171866/visualizar/