Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Politica Brasil
Quarta - 08 de Outubro de 2008 às 13:04

    Imprimir


Mauro Mendes se tornou um "candidato pesado" do ponto de vista das intenções de voto, conforme mostram as pesquisas. Na corrida pela Prefeitura de Cuiabá, ele atraiu para o seu palanque várias lideranças políticas, inclusive o presidente Lula e o governador Blairo Maggi. "Colou" a sua imagem na dos dois chefes do Poder Executivo, Mesmo assim, não chegou a 27% dos votos válidos. Teve 78.369 (26,59% dos votos válidos). Se as eleições fossem "medidas" pela força política em palanque, Mendes teria sido eleito prefeito da Capital.

Em 2004, também na disputa pelo Palácio Alencastro, Sérgio Ricardo, com todos os obstáculos enfrentados, atingiu a 24,9% dos votos válidos (68.979 votos), praticamente o mesmo percentual registrado agora para Mendes. À época, o governador não apoiava Sérgio incondicionalmente e a primeira-dama e secretária de Estado, Terezinha Maggi, virou cabo eleitoral do hoje prefeito Wilson Santos. Sérgio também não contava com o PT de Lula, pois o partido havia lançado e foi até para o segundo turno com o candidato Alexandre Cesar.

O desafio do novo marqueteiro de Mendes, Chico Santa Rita, e tornar o seu candidato "mais leve" para contrapor o adversário Wilson Santos. Também busca "moldar" Mendes, de modo a demonstrar maior simpatia e carisma para com o eleitor. No primeiro turno, o empresário-candidato se apresentou, principalmente nas entrevistas e nos debates, em tom raivoso.





Fonte: RD News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/171876/visualizar/